24293896_2417275821654197_2494798170012428856_n

Pré-candidata à Presidência da República, a deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) declarou, em Salvador, nesta segunda-feira (4), em entrevista à Rádio Metrópole, que descarta uma dobradinha com o PT nas eleições de 2018.

“Em sete eleições estivemos juntos o PT, governamos juntos o Brasil assim como estamos juntos aqui na Bahia. Somos responsáveis por transformações importantes para a vida do povo”, argumentou, mas garantiu que está na hora do sigla apresentar seu próprio projeto.

“Não estamos juntos apenas na hora boa, não somos ‘amigos de festa’. Estivemos juntos e enfrentamos juntos as dificuldades desses últimos 13 anos, mas avaliamos que, depois do golpe que tirou a presidente Dilma [Roussef, do PT] do Governo, se abre um novo ciclo político. E a melhor forma de nós contribuirmos é apresentar o nosso projeto, que fizemos como partido, de desenvolvimento para o país”, explicou.

Sobre seu projeto de campanha, D’Ávila disse que está na missão de conversar com o povo sobre uma saída da crise e que rejeita um “debate apenas pautado no ódio e medo”. “Tem que ser momento de debate de um projeto para o Brasil”, finalizou. (Bahia.ba)

Compartilhe à Vontade

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui