ConfCosta-350x250px

dentista

Com apoio do Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), a Polícia Militar (PM) prendeu dois falsos dentistas neste fim de semana. Eles vão responder pelo exercício ilegal da profissão e podem ficar de seis meses a dois anos na prisão.

Marcelino Guimarães da Silva foi detido na manhã deste domingo (13), no município de Piritiba. Ele exercia ilegalmente o posto de cirurgião-dentista. No sábado (12), foi a vez de Nelson Ferraz Santos, que foi preso em Xique-Xique.

Segundo informações do CRO-BA, no momento da prisão em flagrante, ambos os criminosos confessaram o delito aos fiscais do conselho e aos policiais. Eles disseram que atuavam na área há mais de 15 anos.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui