REDEERGUERLAPA-728x90px
Uneb Lapa
Campos da UNEB de Bom Jesus da Lapa/imagem ilustrativa
A universidade verificou o menor número de ausentes dos últimos anos e não constatou intercorrências graves, confirmando a projeção deixada pelo início do certame.
No último dia, foram aplicadas as provas de matemática e ciências da natureza (física, química e biologia). Os candidatos tiveram 4h para concluir as provas e só puderam deixar os locais após 2h do início.
Aproximadamente 2.800 profissionais trabalharam para garantir a realização do certame. As provas foram aplicadas em 25 estabelecimentos da capital e 64 do interior do estado, contemplando as 25 cidades onde a universidade vai ofertar cursos.
Pela primeira vez na história da instituição, além da reserva de 40% das vagas para negros e de 5% de sobrevagas para indígenas, também terão direito aos 5% de sobrevagas quilombolas, ciganos, transexuais, travestis, transgêneros, pessoas com deficiência, com transtorno do espectro autista e com altas habilidades. Cada grupo contará com essa porcentagem em todos os cursos.
Os optantes pelo sistema de reserva de vagas precisarão, no ato da matrícula, apresentar os comprovantes de escolaridade dos Ensinos Fundamental II e Médio em instituição das redes públicas de Educação, conforme prevê o edital de seleção.
No Vestibular Uneb 2019, os candidatos concorrem a 4.074 vagas distribuídas em opções de cursos de graduação presenciais, oferecidas nos campi de Salvador e outras 24 cidades baianas, com entrada nos semestres 2019.1 e 2019.2.  (Correio)

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui