macha

A Comissão da Marcha pela Paz em Bom Jesus da Lapa promoveu uma importante reunião na noite desta quarta-feira(11) com diferentes representações das instituições do Poder Público sociedade civil lapense para discutir e fazer os encaminhamentos da 3ª edição da Marcha pela Paz na cidade. Participaram da reunião o Comando da 38ª CIPM, o Comando da Guarda Municipal, a Diretora do Núcleo Regional de Educação (NRE 2), representantes da Universidade do Estado da Bahia(UNEB), Universidade Federal do Oeste Baiano (UFOB), Instituto Federal Baiano(IFBA), Loja Maçônica, Igreja Católica, igrejas evangélicas, Secretário da Educação, Câmara de Vereadores, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Centro Espírita.

Na reunião ficou acertado que o percurso continuará o mesmo do ano passado, com saída às 08h30, na frente da Loja Maçônica Luz e Liberdade e seguindo até a Praça Marechal Deodoro da Fonseca. A data prevista para o evento é o dia 15 de maio. Na carta de compromissos que é apresentada no final do evento, esse ano serão colocados encaminhamentos, para o poder público e também para e civil.

Será feito um trabalho de sensibilização, envolvendo todas as escolas públicas e particulares, o IFBA e as universidades públicas e particulares do município.

O grande debate da comissão com suas representações, foi pensar em ações, que de fato, serão continuadas. Com destaque para o papel da sociedade no processo de construção da promoção da paz, compreendendo que todos os segmentos do município precisam também fazer parte do debate, em defesa da vida, contra um dos principais fatores que causa a violência na cidade, as drogas.

Serão confeccionadas 3 mil camisas, serão distribuídas entres as partes envolvidas. Durante o percurso da 3ª Marcha da Paz várias apresentações serão desenvolvidas pelos alunos do Colégio Modelo, Proerd (PM), da UNEB e do IFBA.

O movimento “Marcha pela Paz” teve início em 2016, quando foi criada a Comissão Permanente pela Paz, formada pelas representações dos seguintes segmentos:  Loja Maçônica Luiz e Liberdade, Loja Maçônica Acácia Lapense, Centro Espírita Obreiros do Porvir, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Câmara dos Dirigentes Lojistas, Igreja Católica, Igreja Evangélica. Com diferentes olhares e realidades, o grupo vêm buscando junto ao poder público encontrar soluções para reverter o quadro negativo sobre segurança e justiça enfrentado pela população de Bom Jesus da Lapa. Debatendo e buscando  criar alternativas políticas junto ao poder municipal e estadual que resultem em soluções efetivas de direitos, justiça e paz.