Nesta terça-feira (10), o diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto(SAAE) de Bom Jesus da Lapa, Gerson Nunes, esteve na Fazenda Campos realizando uma reunião com os moradores para ouvi-los e esclarecer dúvidas sobre o fornecimento de água, além de buscar soluções para o melhoramento no sistema de abastecimento de água no bairro.

Gerson destacou que o SAAE tem acompanhado de perto a situação. Frisou que várias medidas estão sendo tomadas para solucionar o problema, e que a falta de investimento ao longo dos anos em saneamento básico  prejudicou o crescimento da cidade. “Nós fizemos um convênio com o governo para conseguir a tubulação, garantiram que vão entregar essa semana, assim faremos a ampliação das redes e resolveremos de vez esse problema da falta de água aqui no bairro”, frisou.

Falou que os problemas de abastecimento de água em Bom Jesus da Lapa são antigos, e que nesses 10 meses que ele está à frente do SAAE tem trabalhando construindo uma nova proposta, mapeando todas as redes e fazendo teste de pressão e vazão em vários pontos da cidade  pra melhor gerenciar o sistema existente. Afirmou que a Autarquia também  está investindo na aquisição de mais tubos com o intuito de fazer um anel para fortalecer o abastecimento de água em toda a cidade, pois as redes atuais não tem mais condição de atender a demanda do município.

O vereador Eduardo Magalhães, responsável por ter convocado a reunião a pedido da comunidade, falou que os moradores da Fazenda Campos sofrem a mais de 10 anos com esse problema da falta de água. “Nós não podemos querer que Gerson resolva esse problema de um dia para o outro, ele pegou o SAAE agora esse ano, tenho acompanhado de perto, e vejo que ele tem buscado resolver, é minha obrigação  cobrar por você para que o problema seja resolvido o mais rápido possível”, disse.
A fazenda Campus fica localizada na parte extrema de Bom Jesus da Lapa. A fazenda foi dividida em lotes, e assim como o bairro Shangrilar não recebeu investimentos por parte dos proprietários do loteamento em saneamento básico, como é feito hoje pelos empreendedores do ramo imobiliário. Com o passar dos anos o número de moradores destas áreas aumentou e a demanda de mais água também; como não houve anteriormente investimento cresceu a falta de água para aquela população.
O SAAE completará dia 13 próximo 51 anos de existência servindo a população de Bom Jesus da Lapa e os servidores estão motivados e empenhados em prestar um melhor serviço aos lapenses e visitantes.
Compartilhe à Vontade

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui