LOJAOCOSTA-350x250px

mesa redonda

Na manhã desta terça-feira(12) os problemas do Rio São Francisco foram discutidos com uma plateia diversa no Campus XVII da Universidade do Estado da Bahia(UNEB) de Bom Jesus da Lapa, durante a mesa-redonda “O rio que corre em mim: aspectos políticos , culturais e socioambientais na interface da Universidade Pública”, que contou com representações do Movimento dos Atingidos por Barragens(MAB), da  Unidade Avançada do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) do Oeste Baiano, do Conselho Estadual das Comunidades e Associações Quilombolas da Bahia (CEAQ) e dos estudants do Campus. A mesa de debate faz parte da Semana de integração, que começou nesta segunda-feira(11).

DSC_2546Nas apresentações, foram abordados  temas de grande relevância, com reflexões  sobre a defesa  das águas do São Francisco e do do território das águas. Destacando a necessidade de fortalecimento da luta em defesa das águas, que precisa ser pauta permanente da sociedade.

DSC_2556

Foi falado  do papel da academia enquanto fomentadora do saber, que precisa provocar o debate além do  teórico, e passe a representar a luta e a defesa do Velho Chico enquanto região.  Onde as representações alertaram para o atual contexto, do descaso do estado, e do capital privado. Lembrando a empresa  Vale, que por falta de compromisso e responsabilidade com as ações de mineração, causou mais um crime no Brasil, com o rompimento da barragem de Brumadinho, que matou centena de pessoas, e ainda pode contaminar o Velho Chico.

DSC_2553

As representações frisaram também, a importância da valorização da cultura local, que precisa está vinculada a vivência e ao sentimento de pertencimento. Compreendendo  que as ações  do agronegócio na região, que não tem nenhum compromisso com as questões ambientais, pautado apenas no lucro, e sem medir as consequências dos impactos, tanto no ambiente, como na cultura da região, tem causado grande danos na bacia.

WhatsApp Image 2019-03-12 at 19.47.25

As representações também destacaram que a  problemáticas sócio-culturais e ambientais enfrentadas pelas  região precisam fazer parte da academia.

DSC_2551

A programação da Semana de Integração do Semestre 2019., termina nesta quarta-feira(13), com mini-cursos e palestras.

veja mais fotos na página do site Notícias da Lapa no Facebook.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui