38729553_1861161123964555_1517418254983757824_o
Fotos: Uelder Negrão / Acervo Santuário

Manifestações culturais e religiosas já fazem parte da vida do povo e da cidade de Bom jesus da Lapa, conhecida como a Capital Baiana da Fé. O local é um um ponto de encontro,  que e durante todo o ano recebe peregrinos de várias partes do país e do mundo.  Neste mês de agosto, o destaque dessas mobilizações foi a popular Romaria do Bom Jesus da Lapa. Onde mais uma vez as manifestações, romeiros, vindos de diferentes lugares, caminharam longas distâncias e pagaram  promessas em agradecimento as graças recebidas.

38524174_1861162787297722_616904771407708160_o
Fotos: Uelder Negrão / Acervo Santuário

O novenário do Bom Jesus  da Lapa começou  no dia 28 de julho, ao longo dos dez dias foram realizadas diversas missas,  novenas, procissões e orações do terço, além de batizados e confissões, alvoradas e vigílias. E foi finalizado na noite desta segunda-feira(06) com a processão de encerramento, que seguiu até a esplanada do Santuário do Bom Jesus para o grande momento  celebrativo da festa. Num  momento de fé e gratidão, em que milhares de devotos   deixaram a sua homenagem, o seu pedido ou agradecimento no pés do Bom Jesus da Lapa.

coroa
Foto: José Hélio

“Eu sofri um acidente, e estava entre a vida e a morte. Fiz uma promessa, que se eu levantasse da cama usaria uma coroa de espinho na festa do Bom Jesus. Hoje eu estou bem, graças um milagre do Bom Jesus”, disse o senhor José Ferreira, da cidade de Ilhéus.

“Aqui é um lugar sagrado, e eu venho todo ano com meus filhos e neto rezar, agradecer e pedir as graças  ao nosso Bom Jesus. Tem muitos anos que venho aqui, comecei com a minha mãe, muito cedo, e e logo eu já estava aqui tantas vezes depois, junto com os meus filhos também, pedido a proteção do nosso senhor Bom Jesus da Lapa”, disse a aposentada, dona Maria Oliveira.

velhinha
Foto: José Hélio

É uma tradição que já faz parte da vida de milhares de peregrinos, que durante grande parte do  ano busca se organizar para a viagem de fé, que é compensada diante do Bom Jesus. “Olha, não tem como a gente deixar de visitar o nosso senhor Bom Jesus, ele é nossa esperança. Aqui eu renovo a minha vida, e rezo por todos aqueles da minha família, e todos os meus que também se foram, em especial a minha mãe, que sempre visitou o Bom Jesus”, disse.O tema da Romaria 2018 foi  “Como discípulos do Bom Jesus, cristãos leigos e leigas missionários comprometidos com a igreja em saída” e foi muito bem recebido pelos devotos. A escolha foi inspirada na celebração do Ano Nacional do Laicato proclamado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A Romaria do Bom Jesus da Lapa é uma  manifestação cultural, por sua grande importância, está inserida no Calendário Cultural do município. Estando  entre as três principais romaria realizadas no Brasil, sendo a  mais antiga do país, com 327 anos de história  teve, este ano,  um dos maiores públicos dos últimos anos. De acordo com o balanço feito pela Polícia Militar, juntamente com o Santuário do Bom Jesus, Prefeitura e Polícia Civil, de 02 a 07 de agosto,  mais de 600 mil pessoas passaram pela Capital Baiana da Fé. Representando um  aumento de 20%  no número de visitantes, comparando com o ano de 2017.

De acordo com a Setur, os hotéis e restaurantes da cidade foram os setores econômicos que mais beneficiados com a chegada dos visitantes.

Conforme a Secretaria de Turismo de Bom Jesus da Lapa, os hotéis, pausadas, rancharias, acampamentos e residências particulares de todos os bairros da cidade recebeu visitantes. “A romaria foi responsável pelo aquecimento nas vendas em todos os setores do comércio da cidade”, disse Edna Oliveira.

Vejas algumas fotos: