whats

Para especialista, “fake news” não são causadas por acesso ilimitado a Facebook e WhatsApp, mas o fenômeno pode potencializar as notícias falsas Uma notícia chega por mensagem de WhatsApp, mas é impossível clicar e abrir no link que a acompanha. Sem acesso à internet, o usuário acaba lendo apenas o título.

A situação acontece com parte dos brasileiros, usuários de planos de celular que dão a possibilidade de usar aplicativos como o Facebook e o WhatsApp, entre outros, sem que seu uso seja descontado do pacote de dados do consumidor e mesmo quando os dados de internet do celular acabam.
Isso significa que, terminado o pacote de dados, o usuário só pode acessar esses aplicativos, mas não pode abrir links, fazer uma simples pesquisa na internet ou ler notícias em portais de jornalismo ou de outras fontes.

Como combate a mentiras sobre Marielle superou racha ideológico e pode antecipar guerra eleitoral nas redes Ex-sócio da Cambridge Analytica no Brasil diz que empresa não tinha banco de dados de brasileirosA prática de prover dados ilimitados e sem custo para determinados aplicativos – que podem ser redes sociais, aplicativos de streaming de música ou vídeo, programas de navegação, entre outros – é chamada de “zero rating”. Conteúdo editorial da BBC.