Produção de grãos deve ser recorde no País em 2019

0
LojaoCosta-350x250px

thumbnail-for-65821A produção de grãos no país deve chegar a 240,7 milhões de toneladas na safra atual. Os dados são do 10º Levantamento da Safra de Grãos 2018/2019, divulgada, nesta quinta-feira (11), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O número representa um recorde da série histórica com crescimento de 5,7% em relação à safra do ano 2017/2018. O levantamento mostra também o crescimento de 1,9% da área plantada em relação à safra do ano anterior. Os produtos com os maiores aumentos de área plantada foram o milho segunda safra, a soja e o algodão. A soja apresentou um crescimento de 2% na área de plantio, chegando a 35,9 milhões de hectares.

Milho e Algodão

O milho segunda safra é um dos destaques do período, em comparação com a safra anterior. A previsão é de uma produção recorde de 72,4 milhões de toneladas, crescimento de 34,2%. “Isso é bom porque o produtor está tendo renda, estamos exportando e isso está gerando emprego, renda e saldo na balança comercial do Brasil”, disse o coordenador-geral de Culturas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, José Maria do Anjos, em relação ao milho. O outro destaque é o algodão, com aumento de produção em torno de 33%, equivalendo ao volume de 6,7 milhões de toneladas em caroço ou 2,7 milhões de toneladas em pluma. “Esse crescimento expressivo do algodão tem muita relação com o aumento das exportações da pluma”, explicou o superintendente de Informações do Agronegócio da Conab, Cleverton Santana.

 Feijão

O clima favorável contribuiu para uma produção de 1,3 milhão de toneladas do feijão segunda safra. Já o feijão terceira safra, com plantio finalizado em meados de julho, deve ter produção de 721,5 mil toneladas.

LojaoCosta-350x250px