_101566459_gados2

A exportação de gado vivo cresceu 42% em 2017 e movimentou R$ 800 milhões, segundo associação de exportadores Quase todas as 70 cadeiras do auditório Teotônio Vilela estavam ocupadas, raridade em sessões na pequena sala da Assembleia Legislativa de São Paulo. Um deputado avisou: “As cenas a seguir são fortes, talvez alguém se assuste”. No telão foi mostrado um vídeo que mostrava o interior de um navio com milhares de bois vivos. Os animais estavam amontoados, alguns com parte do corpo mergulhada em uma espessa camada de fezes, urina e lama. Uma voz feminina narrava as imagens: “Eles estão defecando um na cabeça do outro, é uma grande senzala.”

O vídeo durou pouco mais de um minuto, mas várias pessoas choraram.
Era o último dia de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apurava casos de maus-tratos de animais. Um dos temas foi a exportação de gado vivo, mercado de quase R$ 1 bilhão anuais e que nos últimos meses se tornou alvo de ativistas, parlamentares e do Ministério Público Federal.

A luta esquecida dos negros pelo fim da escravidão – BBC BrasilCrise e insegurança criam nova onda de migração brasileira rumo ao JapãoApós a exibição do vídeo, o deputado estadual Feliciano Filho (PRP), presidente da CPI e militante dos direitos dos animais, fez um discurso que inflamou os ativistas na plateia. Informações da BBC.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui