LojaoCosta-350x250px

Geraldo José

rio -1
Rio São Francisco na região de Bom Jesus da Lapa/Foto: José Hélio/Notícias da Lapa

A agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília (DF), na qual são analisadas as condições hidrológicas da bacia do Rio São Francisco apresentou informações sobre a precipitação hídrica na bacia do Rio São Francisco. De acordo com a apresentação feita pela equipe técnica do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), o mês de janeiro apresentou uma precipitação considerada crítica e a tendência durante este mês de fevereiro e março deve ser de alerta.

Diante desse cenário, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apresentou as premissas de operação dos reservatórios instalados na bacia do São Francisco. De acordo com os estudos, a vazão defluente em Três Marias (MG) deve se manter em 150 metros cúbicos por segundo (m³/s); de 844m³/s em Sobradinho, na Bahia, e reduzida em Xingó (AL), do patamar atual, de 800m³/s para 700 m³/s.

A reunião promovida pela ANA acontece a cada duas semanas, com a finalidade de analisar as condições hidrológicas da bacia do Velho Chico. Participam representantes dos estados banhados pelo Velho Chico, Marinha do Brasil, Ministério Público Federal e outros usuários. O próximo encontro acontece no próximo dia 18, a partir das 10h, horário de Brasília.

CHBSF
LojaoCosta-350x250px