LojaoCosta-350x250px

selfie-espaco-nasa-08042019125740433Um estudo feito pela Nasa e divulgado nessa segunda-feira (13), concluiu que a Lua está diminuindo de tamanho e enrugando. De acordo com os cientistas, o satélite natural da Terra perdeu 50 metros nas últimas centenas de milhões de anos.

A superfície da Lua adquire novas falhas e depressões conforme ela diminui de tamanho. As alterações no relevo podem chegar a dezenas de metros de altura e se estender por vários quilômetros.

“Nossa análise dá a primeira evidência de que essas falhas ainda estão ativas e provavelmente produzindo tremores, à medida que a Lua continua a esfriar e encolher gradualmente”, diz Thomas Watters, cientista sênior do Centro de Estudos da Terra e Planetas do Instituto Nacional do Ar e do Espaço dos EUA.

Os dados usados na pesquisa foram coletados por sismógrafos instalados durante a missão Apollo 11, que levou o homem à Lua pela primeira vez. Esses equipamentos conseguem medir os tremores que ocorrem em uma determinada região lunar.

Outra evidência das mudanças que estão ocorrendo, foi obtida pela sonda LROC (Lunar Reconnaissance Orbiter Camera), que fotografa a Lua desde 2009. O equipamento revelou que uma região próxima ao polo Norte também está ganhando pequenas elevações e inclinações.

LojaoCosta-350x250px