LojaoCosta-350x250px

Agência Sertão Casa-Anísio-Teixeira-Foto-Henrique-Magno-e1562912664601

Nesta sexta-feira (12), o município de Caetité celebra os 119 anos de um de seus filhos mais ilustres. A Casa Anísio Teixeira (CAT) estará aberta durante todo o dia com uma vasta programação em homenagem a seus patrono.

A programação acontecerá em todos os espaços da Casa, as atividades incluem visita guiada, intervenções artísticas, documentários, bate-papo, Cine Gibi, exposições, contação de histórias, exposição de trabalhos.

Casa-Anísio-Teixeira-programação-119-anosA biblioteca móvel da Casa Anísio Teixeira será levada para a praça da Catedral, das 8h às 12h. No quintal, a lojinha da CAT estará comercializando souvenires durante todo o dia.

A comemoração é uma iniciativa da Fundação Anísio Teixeira, com apoio das Secretarias de Cultura e Fazenda, por meio do Fundo de Cultura. O Instituto de Educação Anísio Teixeira (IEAT), por meio do projeto Escolas Culturais, também participa do evento.

Em Salvador, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), às 15h, será lançado o projeto “2020: Ano Anísio Teixeira”, dando início às comemorações pela passagem dos 120 anos do educador baiano.

120-de-Anísio-TeixeiraAnísio Spínola Teixeira morreu no Rio de Janeiro, no dia 11 de março de 1971. Ele foi bacharel em direito, gestor público, intelectual, educador e, no transcurso do tempo, se tornou personagem importante na história da educação no Brasil. Nas décadas de 1920 e 1930, ele difundiu as ideias do movimento denominado “Escola Nova”, cujo foco foi a renovação pedagógica da escola.

No período de 1924 a 1928, Anísio Teixeira conduziu, na Bahia, a gestão de governo para a educação, empreendendo a tarefa de avaliar as condições materiais e pedagógicas das escolas baianas.

Assinalou o modo como deveria acontecer a progressiva reestrutura do sistema de educação baiano, argumentando sobre a necessidade de uma educação diferenciada para os centros urbanos, para as pequenas comunidades rurais do recôncavo ou do sertão e para a população propriamente rural das fazendas e sítios.

Já no período entre 1947 e 1950, uma de suas iniciativas mais importantes como secretário de Educação e de Saúde foi a construção do Centro Popular de Educação Carneiro Ribeiro, popularmente conhecido como Escola Parque, localizada na Caixa D’água, em Salvador, fundada em 1950.

A escola fez parte de um grandioso projeto que consolidou a Educação Integral na pedagogia brasileira. Atualmente, além do ensino regular, a Escola Parque oferta oficinas de artes visuais e música e possui uma biblioteca de rico acervo.

LojaoCosta-350x250px

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui