LojaoCosta-350x250px

NewsBaembasa-esgoto-rio-lemA prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, autuou a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) nesta segunda-feira (4), por lançar água de esgoto no Rio das Pedras, que fica no município.

De acordo com a prefeitura, a água suja deveria seguir para a estação de tratamento da cidade, mas o equipamento que faz o deslocamento quebrou no último domingo (3). Com isso, o esgoto de três bairros passaram a ser jogados no rio.

Os bairros são: Floráis Léa, Santa Cruz e Jardim Paraíso. No local onde a água suja é lançada, o mau cheiro é muito forte. O esgoto está caindo diretamente no rio.

“É uma situação muito grave. É um crime ambiental que está sendo cometido pela Embasa. No sentido de que eles tiveram um problema no motor, dentro de uma elevatória, e, a partir dali, houve um extravasamento de esgoto”, contou a secretária municipal de Meio Ambiente, Isabel de Paula Ceron.

Essa é a 5ª vez que a Embasa é autuada por extravasamento de esgoto na cidade. Na última, a empresa recebeu uma multa de R$ 400 mil. Segundo a secretária municipal de Meio Ambiente, o órgão não tem um plano de contingência pra evitar os danos ambientais.

Em nota, a Embasa informou que as duas bombas que levam o esgoto para a estação de tratamento quebraram depois que uma quantidade de lixo entrou na rede. Segundo a empresa, a sujeira teria sido proveniente da chuva que caiu na região no último fim de semana.

No comunicado, a Embasa informou também que está trabalhando para consertar o equipamento. Segundo a empresa, esse extravasamento do esgoto é previsto na norma técnica, e o órgão municipal ambiental é comunicado depois que isso acontece. A Embasa disse ainda de está tomando medidas para reduzir a vazão do esgoto direcionado para o extravasador.

 

 

LojaoCosta-350x250px