Completando 51 anos de história, Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa celebra Dia do Marinheiro com cerimônia cívico-militar

0
LojaoCosta-350x250px

Na tarde desta sexta-feira(13), cerimônia militar celebrou o Dia do Marinheiro em Bom Jesus da Lapa. A data também faz referência ao nascimento do patrono da Marinha do Brasil, Joaquim Marquês de Lisboa, o Marquês de Tamandaré. E na oportunidade foi também comemorado o 51º aniversário  Agência Fluvial do município.

A solenidade foi acompanhada por diversas representações do poder público municipal  e de autoridades civis e militares da cidade e da região.

LojaoCosta-350x250px

Por ocasião do evento, foi agraciado como Militar Padrão do Semestre o suboficial  Claudio e o  prêmio da melhor redação “Cisne Branco”, com a participação de alunos das Escolas Promove e Batista,  e a concessão da medalha aos  novos Amigos da Marinha(SOAMAR), além de uma homenagem ao Sargento Alessandro que passou para reserva remunerada.

No uso da fala o  comandante André Mateus,  destacou que a  Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa tem um papel importante em Bom Jesus da Lapa e região, pois tem a jurisdição de fiscalizar  91 municípios. Ele lembrou  algumas  ações realizadas pela Agência no rio São Francisco, que além das fiscalização e cursos  de formação para novos marinheiros na região.

O comandante recordou também das buscas de vítimas por afogamentos  em Xique-Xique, Sítio do Mato, e destacando com tristeza a tragédia na Ilha da Marinquinha, onde quatro pessoas morreram afogadas.

Em homenagem aos 51 anos de história, a  Agência da Marinha de Bom Jesus da Lapa foi presenteada com uma replica da Agência Flutuante que fica na Barrinha, o Saldanha Marinho.

A Marinha é a autoridade marítima brasileira e órgão responsável pela fiscalização nos mares e rios que cortam o território nacional, e em Bom Jesus da Lapa os militares fazem o patrulhamento de 527 Km do  Rio São Francisco. Com uma área de jurisdição que corresponde a 91 município, tem  como propósito garantir a segurança da navegação, além de permanecer em prontidão constante para a atuação nas atividades de prevenção e resposta à poluição hídrica causada por embarcações e para as ações de busca e salvamento de pessoas em perigo no rio.

Realiza, ainda, o atendimento ao público para  credenciar e acompanhar os pescadores, fiscalizadas periodicamente todas as embarcações, especialmente nos períodos de romaria, onde tem maior movimentação de passageiros.

veja mais fotos do cerimônia AQUI.