REDEERGUERLAPA-728x90px

1-41Gilberto Carlos Dias de Souza, “Gilbertinho”, morreu na manhã deste domingo (15), após trocar tiros com a policia, na Agrovila 8, em Serra do Ramalho, no Oeste da Bahia.

Conforme informações, por volta das 5h40 min, a Companhia Independente de Policiamento Especializado no Cerrado (CIPE/Cerrado) com o apoio de agentes da 38ª Companhia Independente de Policia Militar (CIPM), receberam uma denúncia, a qual relatava onde o acusado estava escondido.

Ao chegar no local informado, os policias montaram um cerco ao redor da casa. Ao perceber a presença da policia, Gilberto efetuou disparos contra a equipe. A polícia revidou na injusta ação e baleou o acusado. Ferido, ele foi levado ao Hospital Municipal de Serra do Ramalho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Gilberto era acusado de ser integrante de uma facção criminosa na cidade de Guanambi, a qual é liderada pelo traficante Fabiano Almeida dos Santos (Baú). Contra ele havia um Mandado de Prisão em aberto. A arma utilizada por Gilberto, um Rifle Winchester, calibre 44, com numeração suprimida, foi levado a Delegacia de Bom Jesus da Lapa. Folha do Vale