Câmara de Vereadores destaca a importância das ações da 38ª CIPM no combate à violência contra as mulheres em Bom Jesus da Lapa e convoca a sociedade em defesa da causa

0
LojaoCosta-350x250px

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Bom Jesus da Lapa  nesta terça-feira (5) a vereadora Andreia Luíza(PTN) e o presidente da Casa, Miguel Leles(PSL) falaram da importância das ações da Polícia no combate à violência contra as mulheres no município, e da necessidade do envolvimento de toda sociedade pela causa, lamentando pelo último   feminicídio que aconteceu na cidade(relembre aqui).

Para a vereadora Andreia é muito triste falar  sobre feminicídio, depois de poucos dias que foi realizado um evento na Casa para falar sobre a importância de políticas públicas para as mulheres, sobre a Ronda Maria da Penha(relembre aqui). “Da necessidade de construirmos um olhar de direito voltado cada vez mais para a proteção. Então, eu não poderia deixar de relembrar a importância do nosso papel. […] por isso quero dizer a nossa sociedade, para as mulheres em especial, para que a gente não feche os olhos diante de uma situação lamentável e triste como essa [morte de uma mulher pelo companheiro]”, disse.

A parlamentar lamentou, que muitos homens acham que são “donos da mulher” que está ao seu lado, e podem fazer o que quiser. “A gente precisa acordar, para que isso não venha banalizar, e venha acontecer de forma corriqueira em nosso município”, disse.

Andreia sinalizou, que a Polícia Militar tem se empenhado para criar a Ronda Marinha da Penha no município de Bom Jesus da Lapa, onde já realizou a capacitação para os policiais que atuarão nas ações, e já está acompanhando as mulheres com medidas protetivas. No entanto, precisa de uma viatura específica, para que a equipe atue efetivamente. Ela afirmou que já agendou uma reunião em Salvador para buscar alternativas, e convocou todos  os colegas a continuarem imbuídos juntos ao Gestor Municipal e ao Governo do Estado, pensando na segurança pública, para que a Ronda comece o mais breve possível, para evitar que novas situações de violência contra a mulher venham acontecer no município.

Já o presidente da Câmara Miguel Leles, destacou o protagonismo da 38ª CIPM, que realizou um curso de capacitação para a implantação da Ronda Maria da Penha na cidade, por meio do Tenente Coronel Luiz Augusto Normanha, em parceria com a Prefeitura, Câmara de Vereadores, e demais instituições existentes no município.  Com a proposta de zelar, encorajar e proteger as mulheres “indefesas”.

Ele destacou, que existem muitos homens, que ainda continuam insistindo em agredir as mulheres. “Insiste em tirar a vida das mulheres, principalmente aquelas que se encontram indefesas. E para reprimir esse tipo de crime, temos que ter sim, a Ronda Marinha da Penha em nossa cidade com uma viatura padronizada. E para essas pessoas que cometem ou pensam em cometer crimes contra as mulheres, enxergarem que em nossa cidade tem autoridade e uma sociedade organizada para coibir esse tipo de crime”, afirmou.

“Porque quando eles verem a polícia eles[agressores] recuam. Porque eles não vão brigar com a Polícia? Porque eles não são valentes com a Polícia?”, questionou.

“Então agora eles vão ver sim, a Polícia Militar fazendo rondas na cidade, com viatura padronizada, e quem cometer crimes contra a mulher em nosso município será penalizado”.

Sobre o último feminicídio registrado na cidade, o presidente afirmou que o homem que cometeu o crime contra sua companheira, acabou também com a vida da família da vítima, diante do sofrimento causado, e tirou a dele também, que não terá mais paz. “Porque, o homem que procurar esse caminho, o fim sempre será triste”.

“Mas, em função das ações que vem sendo feitas em defesa das mulheres do nosso município, eu quero parabenizar a 38ª CIPM, por esse projeto que está sendo concretizado, e hoje já é uma realidade em nosso município de Bom Jesus da Lapa”, finalizou.

LojaoCosta-350x250px

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui