Em Salvador, Secretários de Agricultura e de Igualdade Racial de Bom Jesus da Lapa participam do lançamento de editais do Bahia Produtiva

0
LojaoCosta-350x250px

secretáriosOs secretários de Agricultura, Marcos Haiala e o Secretário de Igualdade Racial e Diversidade, Florisvaldo participaram do lançamento de dois editais vinculados ao  Projeto Bahia Produtiva, que poderão beneficiar comunidades Quilombolas e Povos Indígenas da região de Bom Jesus da Lapa e de vária partes do estado.

O evento começou ontem(26), no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), em Salvador, com o lançamento de dois editais no valor de 80 milhões destinados para a agricultura familiar, e na manhã desta terça-feira(27) foi lançado mais dois editais no valor de 18 milhões para os povos indígenas e quilombolas. Na oportunidade os secretários participaram também de uma oficina de capacitação para poder entender os documentos e elaborar propostas.

LojaoCosta-350x250px

Os editais para os povos indígenas e quilombolas, cada um investirá R$ 9 milhões para prestar apoio técnico e financeiro a subprojetos voltados para a implantação e gestão de ações de sustentabilidade ambiental, segurança hídrica, alimentar e nutricional das famílias beneficiadas. Que estarão disponíveis para consulta no site da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR)

A Seleção de Subprojetos Socioambientais para Povos Indígenas prevê o financiamento de cerca de 30 iniciativas, com limite máximo de investimento de até R$ 300 mil cada uma. Os recursos serão distribuídos nas quatro regiões do estado com concentração de povos Indígenas: norte, oeste, sul e extremo sul da Bahia.

A Seleção de Subprojetos Socioambientais para Comunidades Quilombolas também deverá financiar 30 propostas com até R$ 300 mil. Neste edital, o público alvo são as 736 Comunidades Remanescentes de Quilombos da Bahia, cadastrados na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. O evento reuniu representantes de povos indígenas e comunidades quilombolas, além de secretários de governo e parlamentares.