Estudantes do Colégio Modelo de Bom Jesus da Lapa resgatam memórias da escola em evento cultural on-line

0
LojaoCosta-350x250px
Com muita música e animação, os estudantes do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, localizado no município de Bom Jesus da Lapa, resgataram as memórias da escola durante o evento Tenda Cultural II On-line, realizado nesta sexta-feira (10), nas redes sociais da unidade escolar: Instagram (@modelolapa), Facebook (colegiomodelobomjesusdalapa) e YouTube (https://youtu.be/2l-H-DYy50I). A segunda edição do evento foi transmitida diretamente do auditório da escola e contou com a exibição de fotos e vídeos sobre os projetos estruturantes desenvolvidos, além de depoimentos dos estudantes, professores e funcionários sobre o sentimento de pertencimento à unidade escolar.

A programação também incluiu apresentações musicais de estudantes e ex-estudantes do curso técnico em Instrumento Musical ofertado pela escola; performances de dança e de teatro contextualizadas com a temática do Rio São Francisco; e apresentação do grupo Capoeira Ginga Bahia, padrinhos da Escola Cultural, que funciona na unidade. Além disso, foram  apresentados o projeto “A sombra do Ipê” e o contexto histórico-cultural do evento, bem como um vídeo sobre a memória da escola.

LojaoCosta-350x250px

Durante o evento, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, enviou uma mensagem para a comunidade escolar. “Este é um momento de reconhecer a capacidade de produzir arte, cultura, música e teatro e este colégio dá um bom exemplo para Bom Jesus da Lapa, para o Território Velho Chico, para a Bahia e para o Brasil. Reconhecemos a importância neste momento de estarmos juntos: escolas, estudantes, professores e comunidade. Este vínculo nós não podemos perder. Esta história que vocês construíram juntos com a Romaria e todos os munícipes tem muito a ver com a nossa história cultural e herança de cada canto”, parabenizou.

A diretora do colégio, Maria Helena Laranjeira, falou sobre a importância da atividade para a comunidade escolar. “O evento visou sensibilizar e valorizar a escola pública, mostrando a sua importância dentro do contexto social e comunitário de crescimento e de formação. É uma forma de levar cultura, música e lazer de forma virtual e interativa para os estudantes e toda a comunidade, que estão em isolamento social em suas casas. A atividade foi essencial para que os estudantes percebessem o quanto a escola faz parte de suas vidas, contribuindo para a elevação da autoestima deles”, destacou.

Suspensão das aulas – As aulas na Bahia estão suspensas por decreto do Governo do Estado e serão repostas a partir da elaboração de um novo calendário escolar. Informações da SEC.