De virada, Brasil perde para a Colômbia pela primeira vez em Eliminatórias da Copa do Mundo

0
GrupoSCosta-350x250px

 

Foi a segunda derrota consecutiva do time dirigido por Fernando Diniz. (Foto: CBF)

Jogando em Barranquilla na noite dessa quinta-feira (16), a Seleção Brasileira perdeu para a Colômbia pela primeira vez em uma partida de Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo. O tropeço foi por 2 a 1, de virada. Com o resultado, a equipe sob o comando de Fernando Diniz caiu para o 7º lugar na tabela. Na próxima terça, o adversário será a Argentina, no Estádio Maracanã, pela 6ª rodada.

Ainda no primeiro minuto de jogo, Vinícius Jr não aproveitou bom cruzamento de Emerson Royal e cabeceou para fora com o gol livre. Aos três, entretanto, o camisa 7 participou ativamente do gol brasileiro. Em rápida trama pela esquerda, o astro do Real Madrid tabelou com Martinelli, que se jogou para finalizar e vencer o goleiro Camilo Vargas, fazendo 1×0. Ainda na metade da etapa inicial, Vini deixou o gramado com um desconforto na coxa direita.

BahiaFArmShow-350x250px

Com o forte calor em Barranquilla, o ímpeto brasileiro caiu e os donos da casa passaram a chegar no ataque com frequência. De volta ao gol brasileiro com a lesão de Ederson, Alisson precisou trabalhar para evitar o empate dos donos da casa. Primeiro, aos 15, em bela finalização de Carrascal. Em seguida, em chute cruzado de Luiz Díaz. O camisa 7 colombiano, inclusive, era quem mais dava trabalho à zaga brasileira.

Virada colombiana

Na etapa complementar, o Brasil teve um início parecido com o do primeiro tempo. Foram duas boas chances com Raphinha – uma, inclusive, acertando a trave. Porém, empurrado pela torcida, a Colômbia empurrou a Seleção para trás, principalmente após a saída de Rodrygo, e virou a partida com o ‘cara’ do jogo: Luis Díaz, duas vezes de cabeça. Aos 29, aproveitando cruzamento da esquerda. Quatro minutos mais tarde, ganhando de Emerson Royal no ar e dando números finais ao encontro.

Com o resultado, além de estacionar nos sete pontos e cair para a 7ª colocação, o Brasil chegou à segunda derrota seguida de forma inédita na história da competição.

Ficha técnica

Brasil: Alisson; Emerson Royal, Marquinhos, Gabriel Magalhães (Douglas Luiz), Renan Lodi; André, Bruno Guimarães; Raphinha (Endrick), Rodrygo (Paulinho), Vinícius Júnior (João Pedro) e Gabriel Martinelli. Técnico: Fernando Diniz.

Colômbia: Camilo Vargas; Daniel Muñoz, Dávinson Sánchez, John Lucumí, Deiver Machado (Asprilla); Castaño (Lerma), Matheus Uribe (Sinisterra); Jorge Carrascal (Richard Ríos), James Rodríguez, Luis Díaz e Rafael Borré (Córdoba). Técnico: Néstor Lorenzo.