Bom Jesus da Lapa e mais quatros cidades da região podem registrar temperaturas de 43ºC com onda de calor nos próximos dias

0
GrupoSCosta-350x250px

 

Bom Jesus da Lapa/arquivo Notícias da Lapa

A onda de calor formada no Centro-Oeste do país deve ganhar intensidade nos próximos dias. As previsões apontam que seus reflexos podem gerar temperaturas bastante elevadas em boa parte da Bahia, com pico entre segunda-feira (25) e quarta-feira (26).

Os prognósticos atuais apontam que a metade oeste do estado pode registrar as maiores máximas, de até 43ºC. O calor deve se intensificar no território baiano a partir de sábado (23), primeiro dia da primavera, e durar pelo restante do mês. Além disso, a umidade relativa do ar deve cair a níveis abaixo de 10% em algumas localidades.

BahiaFArmShow-350x250px

A massa de ar quente tende a ser mais intensa nos municípios da Bacia do Rio São Francisco, principalmente nas cidades ribeirinhas. Há previsões de máximas entre 41 e 43º em cidades como Carinhanha, Malhada, Bom Jesus da Lapa, Paratinga e Ibotirama. Temperaturas semelhantes podem ser registradas ainda em cidades como Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, já próximas à divisa com o Tocantins.

A metade leste do estado também terá temperaturas bastante elevadas, porém em um patamar mais baixo por conta da posição geográfica. Apenas a faixa litorânea deve registrar temperaturas mais amenas, com possibilidade de chuvas não muito expressivas. Nas demais áreas, a chance de chuva é baixa.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu o primeiro alerta laranja, de perigo, para onda de calor na segunda-feira (18), abrangendo mais de 1,3 mil cidades do Mato Grosso do Sul, São Paulo e partes do Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Tocantins e Paraná. Nesta quarta-feira (20) o alerta foi alterado para vermelho, de grande perigo, com validade até domingo (24).

Um outro alerta laranja foi criado pelo mesmo motivo, abrangendo uma faixa que passa por Tocantins, Goiás e cobre quase todo o estado de Minas Gerais. É provável que a Bahia comece a aparecer nos alertas dos próximos dias.

Se as previsões se confirmarem, muitas cidades poderão registrar recordes de temperaturas. Entre as mais quentes da Bahia, boa tarde registrou recordes em 2015, quando também houve forte influência do El Niño nas condições climáticas.

No entanto, a maior temperatura de todos os tempos registrada no estado foi no dia 29 de novembro de 2017, em Formosa do Rio Preto, onde fez 43ºC. A segunda maior foi registrada durante uma onda de calor em outubro de 2020, de 42,9ºC, em Ibotirama.

Maiores temperaturas registradas nas cidades mais quentes da Bahia

  • Luís Eduardo Magalhães – 39,9ºC – 28 de agosto de 2010
  • Guanambi – 40,6ºC – 11 de novembro de 2015
  • Barra – 40,6ºC – 22 de outubro de 2015
  • Barreiras – 41ºC – 22 de outubro de 2015
  • Correntina – 41,2ºC – 22 de setembro de 2021
  • Itaberaba – 41,3ºC – 26 de novembro de 2015
  • Brumado – 41,4ºC – 10 de outubro de 2020
  • Santa Rita de Cássia – 41,6ºC = 6 de outubro de 2012
  • Bom Jesus da Lapa – 41,7ºC = 22 de outubro de 2015
  • Ibotirama – 42,9ºC – 8 de outubro de 2020
  • Formosa do Rio Preto – 43ºC – 29 de novembro de 2017

Os dados foram coletados junto ao banco de dados do Inmet e são relativos a medições feitas somente pela rede de estações meteorológicas do órgão. Via Agência Sertão