Serra do Ramalho: ex-prefeito Godoy está fora das eleições de 2020

0
LojaoCosta-350x250px
Foto: Reprodução Oeste ao Vivo

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu o mandado de segurança, com pedido de liminar, impetrado pelo ex-prefeito de Serra do Ramalho, na região Oeste da Bahia, Alberto Anísio Souto Godoy (sem partido, no dia 3 de fevereiro.

Segundo alegou Godoy, ao tentar realizar o recadastramento biométrico, ele teria descoberto uma determinação de suspensão de seus direitos políticos por atos de improbidade praticados no exercício do cargo. O ex-gestor ainda alegou ser vítima de perseguição política de adversários locais que rejeitaram suas contas na Câmara dos Vereadores.

LojaoCosta-350x250px

Além de indeferir o mandado de segurança, Weber cita que a  jurisprudência da Suprema Corte é firme no sentido de que o mandado de segurança deve ser impetrado com todas as provas necessárias à demonstração das circunstâncias de fato embasadoras da controvérsia.

De acordo consta no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no pleito de outubro de 2008 ele foi candidato, porém teve os votos zerados em decorrência dos direitos políticos cassados. Além disso, Godoy não conseguiu fazer ainda a revisão biométrica.

Procurado pela reportagem, Godoy não foi localizado até o fechamento dessa matéria, mas o espaço fica aberto para os devidos esclarecimentos. Com informações do Folha do Vale.