anuncie aqui
março 2015
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: ‘bom jesus da lapa’

Bom Jesus da Lapa-Ba: Fugitivos do complexo policial são presos em Igaporã

Após a Operação denominada ” Bonito” policiais civis da 22ª Coorpin conseguiram prender dois  fugitivos do Complexo Policial de Bom Jesus da Lapa que foram identificados como Daniel Ferreira da Silva e Joabson Meneses da Silva. Eles foram presos na cidade de Igaporã, após serem vistos embarcando em um ônibus que seguia para a cidade de Igaporã os elementos foram identificados por um policial civil, presos e conduzidos para delegacia de Igaporã.

IMG-20150221-WA0040 IMG-20150221-WA0041 (2)

Fonte: Cotidianopolicial

Esporte: Livre no mercado, Hernane Brocador acompanha clássico em Natal


Após conseguir liberação do Al Nasr, da Arábia Saudita, atacante assiste partida entre ABC e América-RN. Empresário do Brocador é o mesmo de atacante Alfredo

O atacante Hernane Brocador esteve neste domingo no Estádio Frasqueirão, em Natal. O jogador acompanhou o clássico entre ABC e América-RN e foi visto saindo do vestiário do Alvirrubro no intervalo da partida. O ex-jogador do Flamengo evitou falar com a imprensa e disse apenas que estava na capital potiguar “a passeio”.  Ele assistiu ao jogo ao lado de Carlos Moura Dourado, gerente de futebol do Mecão.

Hernane (de boné) assistiu ao clássico ao lado de gerente de futebol do América-RN (Foto: Carlos Cruz)

Hernane (de boné) assistiu ao clássico ao lado de gerente de futebol do América-RN (Foto: Carlos Cruz)

Conhecido pela boa fase no Flamengo durante o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil de 2013, o Brocador retornou ao Brasil na última terça-feira após conseguir liberação do clube árabe na justiça e estaria em busca de uma nova equipe para jogar no futebol brasileiro. O empresário do jogador é Paulo Pitombeira, o mesmo dos atacantes Emerson e Alfredo e dos laterais Marcelinho e Arthur Henrique, que integram o elenco do América-RN.

A presença de Hernane causou alvoroço entre os torcedores americanos, mas o GloboEsporte.com apurou que o jogador está apenas de férias com a família em Natal e uma possível negociação é impossível de acontecer no momento pelo patamar do atleta.

Fonte: globoesporte

Bom Jesus da Lapa-Ba : Administrador escolhe perder 40 kg de presente de aniversário; veja video

Na festa de 36 anos, Henk Van Rijn Duarte descobriu que pesava 130 kg.
Para entrar em forma, buscou ajuda profissional e emagreceu aos poucos.

 

No dia 20 de janeiro de 2011, Henk Van Rijn Duarte reuniu os amigos em casa para comemorar seu aniversário de 36 anos. O grupo aproveitou o encontro para ver as fotos de uma viagem recente de férias para Aracaju e, foi então, que o técnico em processamento de dados e administrador de empresas se deu conta do tamanho do seu corpo. “As pessoas falavam que eu estava gordo, mas quando me vi na foto, é que percebi que estava realmente gordo. Fui me pesar na mesma hora e descobri que estava com 130 kg. Não queria esse presente, mas ali decidi que iria reduzir esse peso”, conta.

henkduarte1

Henk Van Rijn Duarte só se deu conta de que precisava emagrecer ao se ver na foto à esquerda desta imagem (Foto: Arquivo pessoal/Henk Van Rijn Duarte)

 

Neste momento, o baiano de Bom Jesus da Lapa traçou uma meta que, apesar de ambiciosa, era palpável. Ele chegaria ao aniversário de 40 anos pesando 40 quilos menos. Para isso, a primeira medida foi buscar ajuda de uma nutricionista, que começou a ensinar Henk a se alimentar de maneira equilibrada. “Eu achava que para emagrecer, precisava passar fome.”

henkduarte_raioxFrituras, carnes, massas e refrigerantes tinham lugar cativo nas refeições de Henk, que precisou, então, aprender a comer verduras, legumes, frutas, a diminuir a gordura e a beber água. “Hoje como de três em três horas. Aprendi que para emagrecer, não preciso passar fome, preciso saber o que comer.”

Aos poucos, o filho de pai holandês e mãe baiana foi desenvolvendo novos hábitos. Os sucos detox – com ingredientes como couve, cenoura e gengibre, por exemplo –, passaram a ser consumidos diariamente, assim como o chá verde. Os novos hábitos serviram, inclusive, para abrir uma nova fronteira profissional para Henk. Dono de um comércio na área de informática, o administrador abriu há um ano uma loja de alimentos naturais, com produtos diet, light, sem glúten e sem lactose.

Henk também aprendeu que atividade física é fundamental. “Eu era totalmente sedentário, era adepto da comodidade”, admite. Hoje, ele acorda por volta das 5h e pedala em torno de 5 km. Às 6h, vai para a academia, onde faz atividades aeróbicas, como esteira e bicicleta, além de musculação. E, de manhã, quando ainda está mais fresco, vai caminhando para o trabalho, que fica a cerca de 2 km de distância de sua casa. “Atividade física faz bem para o corpo, mas também para a mente”, diz.

“Nos finais de semana, eu tomo minha cervejinha, mas procuro fazer a compensação no dia seguinte. Quando cometo um excesso, sei o que estou fazendo, faço de forma consciente. As pessoas precisam aprender que não existe fórmula mágica. É um caminho longo, e é preciso estar disposto a mudar – e de forma gradativa, sem pressa”, ensina.

Apesar da atual serenidade, Henk reconhece que, no início do processo, se pesava o tempo todo, até que percebeu que isso estava gerando muita ansiedade. “Resolvi esquecer a balança. Assim, o tempo foi passando, o peso foi diminuindo, minha aparência foi melhorando, meu sono mudou, minha ansiedade diminuiu.”

Com orientação profissional, alimentação equilibrada e atividade física, Henk conseguiu emagrecer de forma saudável. No mês passado, ele completou 40 anos, pesando 90 kg. “Perdi peso e não fiquei flácido, nem com aparência abatida. Estou me sentindo bem, estou vivendo a melhor fase da minha vida”, comemora.

henkduarte2

Administrador aprendeu que, diferentemente do que ele pensava, para emagrecer, não é preciso passar fome (Foto: Arquivo pessoal/Henk Van Rijn Duarte)

henkduarte3

Administrador aprendeu que, diferentemente do que ele pensava, para emagrecer, não é preciso passar fome (Foto: Arquivo pessoal/Henk Van Rijn Duarte)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1 Bem estar

BOM JESUS DA LAPA: CARTA DE AGRADECIMENTO

CARTAFONTE: Mural do Oeste

 

BOM JESUS DA LAPA-BA: Produção de mel é nova atividade para agricultores familiares do semi-árido baiano

downloadIvanildo Firmino, integrante da Associação de Desenvolvimento Rural e Agropecuário de Prevenido, é um dos beneficiados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) com ações do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil sem Miséria. “A apicultura provocou uma mudança muito grande em nossas vidas. No ano passado, produzimos três toneladas de mel e nossa expectativa é de que até o final de maio, com as novas colmeias em produção, já tenhamos produzido de 15 a 20 toneladas”, comemora o produtor, que vive com a família no distrito de Prevenido, em América Dourada, semiárido baiano.

“Começamos com apenas 200 colmeias coletivas para 32 sócios. Era uma coisa pequena, mas nós vimos que dava para ser uma nova fonte de renda. E o apoio da Codevasf, com a implantação de 32 kits completos de apicultura, um para cada produtor, com 320 colmeias ao todo, causou uma empolgação muito grande”, relata Firmino.
Desde 2012, a Codevasf está investindo cerca de R$ 4,3 milhões para apoiar ações relacionadas à apicultura no Médio São Francisco baiano, na área de atuação da sua 2ª Superintendência Regional da Companhia, sediada em Bom Jesus da Lapa. Os recursos fazem parte do eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria e são oriundos da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI).

Foram entregues mil kits de apicultura, um por família, para associações de agricultores familiares de 19 municípios – um investimento de R$ 3,14 milhões. Já na aquisição de equipamentos para beneficiamento de mel e cera, cujos processos de entrega estão em tramitação, o investimento é de R$ 1,1 milhão.

“Atividade é transformadora”

“A cadeia produtiva da apicultura no Território Velho Chico e no Território de Irecê, no Vale do São Francisco, é uma das mais organizadas e merece apoio dos órgãos e instituições públicos. A implantação de kits para os agricultores deu alento para as famílias, impulsionando uma atividade que já estava em franco crescimento e é grande geradora de emprego e renda, muito importante para a fixação do homem no campo nessas regiões de baixo regime de chuvas. É uma atividade transformadora, porque exige baixo investimento, baixo custo de manutenção e, mesmo assim, consegue obter um bom retorno”, diz Renato Bastos Lessa, técnico da 2ª Superintendência Regional da Codevasf.

“Sem o incentivo da Codevasf não seria possível ter uma produção tão grande. Mais importante do que isso é que os kits empolgaram os associados. Como a nossa associação é pioneira na região de Irecê, os resultados já estão incentivando outras associações de agricultores familiares a adotem a apicultura como importante complemento para a renda. Tem associado que ficou tão contente que investiu todo o dinheiro ganho com a primeira produção na compra de mais colmeias”, conta o produtor Ivanildo Firmino.

Cada kit familiar é composto de dez colmeias completas, padrão Langstroth, dez suportes metálicos, dez quilos de cera de abelha alveolada, um fumigador apícola, uma carretilha manual, um garfo desoperculador e um formão para apicultor, além de dois equipamentos de proteção individual (EPIs), formados por dois macacões para apicultor, dois pares de botas em PVC e dois pares de luvas de couro tipo vaqueta.

Extração de mel

Dos mil kits implantados pela Codevasf no Médio São Francisco baiano, 150 foram destinados à Cooperativa Regional de Apicultores do Médio São Francisco (Coopamesf), no município de Ibotirama, que tem papel importante na cadeia da apicultura na região.

“O mel produzido com os kits é levado para unidades de extração de mel, de onde, por sua vez, é mandado para o entreposto da Coopamesf, que tem o selo do SIF (Serviço de Inspeção Federal) e, por isso, pode ser comercializado em todo o Brasil, gerando grande retorno para os apicultores da região”, explica Renato Lessa.

No município de Morpará, 100 kits foram entregues para produtores da Associação de Bandarra. Já no município de Central foram 79 kits – 66 para a Associação dos Apicultores e Meliponicultores e 13 para a Associação de Produtores Rurais de Novo Esplendor. Outros 57 kits foram destinados a duas associações no município de Riacho de Santana: Associação Riachense de Apicultores e Associação de Santo Antônio.

O município de Lapão foi beneficiado com 54 kits de apicultura, os quais foram destinados a agricultores familiares vinculados à Associação de Lagoa dos Patos, ao Centro Ambiental Aguada Nova, Associação Comunitária dos Pequenos Agricultores de Rodagem, Associação Beneficente de Belo Campo, Associação Comunitária dos Produtores Rurais de Lajedinho, Associação dos Quilombolas de Nova Esperança e à Associação dos Quilombolas de Lajedo de Eurípedes.
Outros 40 kits beneficiaram entidades no município de Irecê: Associação Familiar Agropecuária Mocozeiro II, Associação dos Pequenos Agricultores de Mocozeiro e Associação Comunitária de Angical. Já para o município de São Gabriel foram 28 kits para impulsionar a atividade entre agricultores familiares filiados à Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais da Eureca e Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais de Itapicuru.

Os 478 kits restantes foram destinados para outras 11 associações nos municípios de Bom Jesus da Lapa, Serra do Ramalho, Brotas de Macaúbas, Paratinga, Ibititá, Boquira, Uibaí, Igaporã, São Félix do Coribe, Carinhanha e Malhada.
“Alguns dos beneficiados jamais trabalharam com apicultura. Por isso temos uma equipe de apoio, formada por engenheiro agrônomo e técnicos em agropecuária que prestam um trabalho de capacitação e acompanhamento técnico dessas famílias – serve tanto para aqueles inexperientes quanto para aqueles que já trabalham no ramo e querem aumentar a produção e a renda, pois funciona como uma atualização para que possam produzir de forma mais eficiente e, assim, obter um retorno maior com a atividade”, frisa o técnico da Codevasf Renato Lessa.

FONTE: JORNALDAMÍDIA

BOM JESUS DA LAPA-Ba: Um novo movimento social de reivindicações surge na cidade.

 Foto: Emanoel Virgino

Foto: Emanoel Virgino

“O exercício da cidadania em defesa da cidade”

Começa em Bom Jesus das Lapa com uma simples reunião, nesta quarta-feira, 11, no salão de reuniões da Santa Luzia, com pessoas de visões mais apuradas para a realidade atual do município. As  tais pessoas se agruparam para iniciar um movimento que venha busca e exigir através do controle social um movimento em prol da cidade que vem padecendo com alguns descasos.

Algumas destaques sociais explicaram o porquê da necessidade de se iniciar uma era de conscientização. Sugestões, busca de reforços, ações e cobrança dos setores públicos para que a cidade ofereça uma melhor qualidade de vida aos seus moradores, bem como aos romeiros, turistas e cidadãos advindos de outras regiões, bem.. para ajudar Lapa a se desenvolver.

O vereador Enio Guedes, vereadores e representante do povo,  observa o movimento político da cidade com sensatez, e disse que é preciso se organizar para as pessoas se encorajarem a lutar por uma Lapa mais justa. Ele, juntamente com Regina Tanajura, Evilácio Guimarães, Jair do Leocádio, Adenilson de Castro Vieira, Tota Bastos, que há muito tempo tem participado da vida pública, referem se engajarem na formação do novo movimento.

Pessoas que lutam por uma Lapa mais digna, como Crisjeorge Soares, que há muito vem militando pelas causas da cidade; Marino Capobiango; Francis Bocão, engajado na área da saúde e no que ta

nge o funcionalismo público; Faguinho; Sérgio Mendonça, dentre outros, fazem parte de um rol de pessoas comprometidas com esta causa justa e urgente, já que para a maioria- Lapa agoniza.

Reuniões passarão a ser frequentes a partir do marco inicial do movimento a partir de dezenas de pessoas associadas em uma entidade legal e com apoio jurídico, para enfrentar as mazelas e desmandos que vêm acontecendo por longos anos nesta cidade, sob um lema bastante característico dos membros: “ O exercício da cidadania em defesa da cidade”

FONTE: VISTO 24HS

EDIÇÃO: ALISSON JUNIOR

BOM JESUS DA LAPA-BA: Mesmo com as poucas chuvas, a cidade enfrenta a pior seca em cem anos.

Mesmo com as poucas chuvas na região a estiagem assusta os moradores de Bom jesus da Lapa-Ba no oeste da Bahia. A água do Rio São Francisco esta menos da metade do que do mesmo período do ano passado. É a pior secado dos últimos cem anos. Teve pescador que abandonou a profissão devido a falta de peixes, a Marinha do Brasil também restringiu o tráfego de grandes embarcações para evitar acidentes já que o nível da água do rio está muito baixo com cerca de 2m de profundidade.

 

FONTE: GLOBO TV

BOM JESUS DA JAPA-BA:ROCAM 38ªCIPM PRENDE HOMEM COM MOTO ROUBADA

IMG-20150210-WA0078 (1)Ontem dia (10) policiais militares da ROCAM da 38ª CIPM prenderam em flagrante Manoel Novais próximo a Romanos de Bom Jesus da Lapa. Os pms realizavam patrulhamento de rotina quando avistaram um cidadão com uma Honda Bros sem placa, durante a abordagem o condutor apresentou uma documentação que não batia com o chassi, após consulta no sistema foi constatado que a moto era produto de roubo/Furto em são Paulo. Condutor e o veículo foram conduzido para delegacia onde foram tomadas as medidas cabíveis.

FONTE: COTIDIANO POLICIAL

BOM JESUS DA LAPA-Ba: Protesto em rede social

Um usuário do Facebook publicou em sua página um protesto do descaso da Prefeitura Municipal quanto a situação da Praça Lagoa do São Gotardo.

protesto

protesto

O Descaso!”

Bairro São Gotardo/Praça.

“Depois das ultimas abençoadas chuvas, tivemos diversos pontos de alagamento na nossa cidade, entre eles: A lagoa do São Gotardo. Infelizmente, em decorrência da falta de infraestrutura e de transparência, foi decretado estado de emergência. Hoje depois de meses do citado decreto, nenhuma ação foi feita pela prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, buracos, mato e animais tomam conta do local.” Diz usuário em sua página no dia 08 de fevereiro de 2015.

Vale lembra que em 12/12/2014 o governador Jacques Wagner homologou no diário oficial situação de emergência no município, valido por 90 dias, contando da data do decreto municipal que foi em 17/11/2014.

A questão é que com a homologação da situação de emergência,e após análise feita pela Defesa Civil, o município poderia solicitar recursos junto aos governos Estadual e Federal para arcar com os prejuízos provocados pelo temporal. Conforme a reportagem da época no link abaixo:http://g1.globo.com/bahia/noticia/2014/12/apos-temporal-bom-jesus-da-lapa-tem-situacao-de-emergencia-aprovada.html

1969124_10204684660009142_515041926586147718_n (1) 1969176_10204684634768511_8577227311936050453_n (1) ; ;10898102_10204684658769111_7370081662648277406_n (1)

FONTE: Facebook/ G1.com

BOM JESUS DA LAPA-BA: PEOT recupera 2 carros em Eunápolis, o carro Corsa foi roubado em Salvador e a Hilux seria levada para Bom Jesus da Lapa-Ba por R$800,00

A PEOT, Pelotão de Emprego Operacional Tático,  recuperou na noite desta 2ª feira, o carro Corsa branco placas LOL 1215 em um beco com uma casa em construção no bairro Dinah Borges. A reportagem do rotga51.com fotografou com exclusividade, integrantes da PEOT identificando o carro que durante toda a tarde desta 2ª feira deu o maior trabalho para a policia, depois que uma Hylux tomada de assalto na praça do bairro Vivendas Costa Azul, foi apreendida no Dinah Borges na rua Ivan Moura em poder de Dani Francisco Santos Caldas 28.

De acordo com informações, o Corsa banco estava em poder de Ramon da Silva Leite e outro elemento conhecido como Lucas. Estes dois, deram o maior trabalho à policia e conseguiram abandonar o carro e fugir pelo matagal em uma encosta do bairro Dinah Borges em direção a Urbis II, já por volta das 20hs, já que a perseguição começou bem mais cedo em torno das 16h30m.

Dani ao ser preso quando retirava a Hilux da garagem, disse que recebeu o telefonema de um, homem, dizendo que ele seria procurado para levar o carro até Bom Jesus da Lapa, e pelo serviço receberia R$ 800 reais e, que o homem disse que o carro era clonado, mas não roubado. O Delegado de plantão Dr. Eridelson Bastos, vai ouvir vítimas e, Dani será submetido ao reconhecimento do vidro escuro,  para que as vítimas possam dizer se ele participou ou não do assalto aos donos da caminhonete.

Já no bairro Dinah Borges, o Corsa que começou a ser perseguido na rua Bela Vista Pequi, ao ser abandonado, havia poucas avarias, o carro é de Salvador mas serviu par alguns assaltos na cidade e segundo a policia um dos elementos que ocupavam o Corsa, é suspeito de ter participado da morte do sargento Dalvino  perto do Bradesco.

No momento do assalto a dona da Hilux, os bandidos levaram aproximadamente 5 mil em cheques e dinheiro, e de outras pessoas, dinheiro celulares, eles fizeram um verdadeiro arrastão, com certeza, em Bom Jesus da Lapa já havia alguém a espera da Hilux, pois este tem tudo para ser um roubo encomendado, o arrastão foi só pra complementar o roubo. A Hilux e o Corsa foram recuperados, um elemento foi preso, agora só falta o resto.

DSC_0052-300x200 hillux_1-300x168 hillux_2-300x168

FONTE: Rota 51

Fotos: Radar64 e Rota51.

twitter
facebook

´