Com 65 casos confirmados da  Covid-19, prefeitura de Urandi decreta toque de recolher

0
LojaoCosta-350x250px
Foto: Rede social

Com 65 casos confirmados da Covid-19, a prefeitura de Urandi, no sudoeste do estado,  endureceu as medidas de enfrentamento ao novo coronavírus e decretou toque de recolher em todo território do município. A determinação começa a vale a partir desta quinta-feira(28), e segue até o dia 6 de junho de 2020,  das 20h às 05h do dia seguinte, podendo ser prorrogado  em conformidade com estágio de evolução da pandemia da Covid-19. E os moradores estarão obrigados ao confinamento domiciliar. Só será permitida a circulação de pessoas para deslocamento de ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de  medicamentos, sendo ainda permitido neste período o serviço de delivery de  medicamentos.

O novo decreto  foi editado nesta quarta-feira (27),  e a medida é para evitar aglomeração nas ruas e diminuir o número de pessoas contaminadas pela Covid-19. Onde fica instituído o toque de recolher e confinamento domiciliar obrigatório, ficando terminantemente proibida a circulação de pessoas e de veículos, com exceção de alguns serviços essenciais, de urgente ou que comprove a sua necessidade.

LojaoCosta-350x250px

O decreto ainda disciplina o uso obrigatório de máscaras e a prorrogação da proibição da venda de bebidas alcoólicas em todo o município.

Desses 65 casos confirmados, 55 são de funcionários da empresa Planova, responsável pela construção de uma linha de transmissão de energia na região. Boa parte dos contaminados é moradores outros estados, ou cidades da região.