Após fala do prefeito de Bom Jesus da Lapa, representações quilombolas voltam a cobrar do Governador compromisso com a  BA-160

0
LojaoCosta-350x250px
BA-160/Foto: arquivo Notícias da Lapa

A situação crítica da BA 160 tem sido um problema frequente na vida das pessoas que precisam usar essa via. Em Bom Jesus da Lapa, município localizado na região do oeste do Estado, moradores de 19 comunidades, de maioria Quilombola, convivem com essa situação há aproximadamente 20 anos.

Aguardando a recuperação da via, prometida pelo governador Rui Costa, a estrada voltou a ser tema de debate em   Bom Jesus da Lapa, na tarde desta quinta-feira(2), após  o prefeito Eures Ribeiro divulgar um áudio nas redes sociais, cobrando do Governador Rui Costa mais compromisso com o município, já que ainda não cumpriu as promessas que fez ao povo, destacando a demora para iniciar as obras do aeroporto, a recuperação da BA-160 e as obras de melhorias na esplanada para a Romaria.

LojaoCosta-350x250px

“Várias representações quilombolas também soltaram a voz, pra lembrar o governador da promessa que ele fez para os povos quilombolas da região, que iria recuperar o trecho da BA-160, entre Bom Jesus da Lapa e Malhada. Então governador Rui Costa, as obras do aeroporto aqui de Bom Jesus da Lapa, então, estão preste a acontecer. Espero que as obras da BA-160 também, estejam prestes a acontecer. Que venha cumprir com a promessa que foi feita várias vezes, um vez em praça pública, que o senhor prometeu a recuperação da BA-160. E não esquecendo que  moram muitos quilombolas, o povo sofrido, moram aqui as margens da BA-160, que tá numa situação caótica”, afirma uma das lideranças.

Já  em outra fala, mais uma representação quilombola afirma que a obra do aeroporto é importante, no entanto, a recuperação da BA-160 é muito mais importante para os povos quilombolas do município, já que é a única via de acesso para dezenas de comunidades quilombolas, a exemplo do quilombo do Rio das Rãs que é um dos mais antigo do Brasil. E destaca ainda, que a região tem mais de 5 mil votos, na sua grande maioria que votou no PT, mas estão todos revoltados com o descaso, e se o governo vir em Bom Jesus da Lapa “vai ter uma surpresa negativa”.

“Eu quero relembrar o governador da Bahia se ele lembra das promessas que ele  fez para toda essa área onde tem acesso aos quilombos. Aquela promessa foi feita com tanta sinceridade que eu cheguei a acreditar: é, dessa vez a gente vai ter estrada de verdade. E até agora nada! Só tem buraco e a estrada está horrível, com muita poeira. A gente não vai ficar aqui esperando igual a gente ficou esperando na romaria do ano passado não, viu. Então, é bom dar uma lembrada que ele[governador] prometeu a Terra Santa, a Terra do Bom Jesus. E a gente não vai ficar esperando, e ficar aqui vivendo de promessa não. A gente quer ação, a gente quer estrada. A gente quer a BA-160, esse trecho aqui entre Bom Jesus da Lapa a Malhada todo pronto. Porque promessa é dívida viu senhor governador”!, afirmou outra liderança.

“Governador Rui Costa, a gente está a quase 20 anos aguardando a construção da BA-160, que liga Bom Jesus da Lapa a Malhada. Nessa região existem várias lideranças que fundaram o Partido dos Trabalhadores, e que contribuíram de mais para a manutenção do partido no estado da Bahia. É preciso que o senhor tenha um olhar diferenciado para nós, dê a devida importância que nós merecemos. Falam da construção ou não construção da BA-160 porque não temos uma produção expressiva – e aí eu lhe digo governador – como filha de um desse territórios quilombolas aqui da região, eu lhe digo governador, tem quilombo aqui que tem uma receita anual de mais de 1 milhão, só apenas com a venda de bezerros. Porque as pessoas são produtoras. E sem contar dos processos produtivos que garantem a segurança alimentar das famílias, mas não tem uma certa visibilidade ainda. Eu acho que o senhor precisa nos compreender como aqueles que fazem parte do processo de construção não só do estado, mas da base que lhe sustenta. Então, nós pedimos encarecidamente: cumpra a promessa da construção da BA-160. Termine o ano de 2020 de uma forma diferenciada, beneficiando quem mais precisa, e quem esteve a margem de uma sociedade que exclui. Nós quilombolas governador, revindicamos mais do que nunca essa BA-160, por inúmeras questões, principalmente pela questão da saúde – quantas pessoas já morreram na BA -160, porque não conseguem chegar nos hospitais. Pedimos encarecidamente, em nome do Bom Jesus, cumpra com a sua promessa governador”, desabafa.

Além dessas falas, diversos áudios foram encaminhados para o governo da Bahia, relatando a realidade o sofrimento do povo quilombola, que sofre sem o direito de ir e vir, em função das péssimas condições da BA-160.

CLIQUE AQUI. CURTA A PÁGINA DO SITE NOTÍCIAS DA  LAPA E FIQUE ATUALIZADO.