DIF se reúne com a COELBA para cobrar solução de problemas no fornecimento de energia elétrica  no Projeto Formoso

0
LojaoCosta-350x250px

Por conta de recorrentes problemas no fornecimento de energia elétrica dentro do Perímetro Irrigado Formoso, o DIF se reuniu com a COELBA, concessionária responsável pelo sistema da Bahia, para que a empresa resolva os problemas que vem ocorrendo dentro do Distrito.

LojaoCosta-350x250px

O Distrito de Irrigação Formoso é um dos grandes consumidor da empresa no Estado. Em 2019, somente os contratos do DIF pagou R$ 9.100.000,00 (nove milhões e cem mil reais) em faturas de energia elétrica à COELBA, além de alguns irrigantes que possuem  contratos particulares com a empresa dentro do perímetro.

Mesmo com o volume de recursos gastos com o fornecimento de energia elétrica, vários problemas foram registrados este ano e causaram prejuízos na produção de frutas dentro do Formoso. A captação principal do Formoso A chegou a ficar por dois dias  prejudicada, paralisando a operação de cerca de 50% de todo o Perímetro. Irrigantes com estações de bombeamento próprias detentores de lotes agrícolas no perímetro solicitam  com frequência apoio ao DIF em decorrência problemas no processo de irrigação, na sua grande maioria relacionado a qualidade de energia, implicando em prejuízos.

O Conselho do DIF realizou diversos esforços, com diversas solicitações junto a COELBA para agilizar as medidas para tornar eficiente o fornecimento de energia elétrica no DIF. Foram feitos também pedidos junto a Presidência da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia – FAEB para intermediar uma solução.

Após os esforços coletivos, aconteceu neste sábado (17) pela manhã uma reunião com representantes da  COELBA e do DIF. O Sr. Antônio Márcio, Presidente do Conselho e Enderson Souza, Gerente Executivo.

Foram tratados os pontos referente aos últimos acontecimentos no Perímetro Formoso. Cada problema foi discutido individualmente.

Durante a reunião ficou definido que os trabalhos para evitar novas ocorrências irão iniciar imediatamente. Alguns terão a parceria do DIF.

Confira o que ficou definido

Encaminhamentos:

1 – Conta contato 70002183 – EBPA: Poda da vegetação imediatamente; recondutoramento do circuito substituindo cabo nu por cabo revestido ( irão avaliar o prazo necessário);

Reavaliação das variáveis que compõem o estudo de seletividade, haja visto, que o DIF fez o estudo baseado nas informações apresentadas pela COELBA, entretanto, houve alterações sem comunicação prévia ao DIF;

2 – Conta contrato 70009960 – EBPH: inserir célula regulador de tensão, mudando o arranjo para delta fechado. (essa ação irá qualificar o fornecimento de todos os contratos do Formoso H); Na próxima semana a equipe irá avaliar a possibilidade de integrar os circuitos dos alimentadores FRM 01Y3 com o 01Y5 EBPs AeH;

3 – Trabalhar a poda de vegetação nos circuitos das EBAS: 04; 05; 06; 07; 08; 14; 15 e 16;

4 – Discutir solução para as cobranças de ICMS nas faturas dos produtores que vem deparando com esses problemas;

5 – Qualificação de sua equipe de campo para melhorar o atendimento, buscando dar celeridade aos problemas de sua competência.

Com isso, o DIF espera melhorar as condições de fornecimento de energia elétrica no Perímetro e tornar ainda mais eficiente a produção dentro do Formoso. Além de diminuir os prejuízos causados pelo mau funcionamento elétrico, sob a responsabilidade da COELBA, o Conselho trabalha com o projeto piloto de geração de energia solar, o que pode em médio e longo prazo  diminuir os gastos com a eletricidade.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui