Governo faz contrato emergencial para recuperar com cascalhamento  66 km da BA-160,  entre Bom Jesus da Lapa e o Rio das Rãs

0
LojaoCosta-350x250px

 

LojaoCosta-350x250px

A Secretaria de Infraestrutura do Estado publicou na última quinta-feira (13), no Diário Oficial da Bahia, uma dispensa de licitação, contratando de forma emergencial o Consorcio de Desenvolvimento Sustentável do Velho Chico  para a  Recuperação em Revestimento Primário, ou seja, o cascalhamento de 66,0 km da BA-160,  do trecho que se inicia no trevo da BR – 430, na cidade de Bom Jesus da Lapa, até  o território Quilombola do Rio das Rãs. O valor da obra é de R$ 3 milhões, com prazo de 210 dias.

A dispensa de licitação foi feita após  cobrança do prefeito Eures Ribeiro (PSD),  e  quilombolas de Bom Jesus da Lapa e região realizarem uma manifestação no Trevo da BR-430, no último dia 5 de agosto, onde bloquearam  os dois sentidos da BA-160,   para cobrar a  recuperação total da via(relembre aqui). E a proposta da Comissão que luta pela recuperação total da via, é sentar com a Secretaria de Infraestrutura,  junto com a  Defensoria Pública da Bahia,  para que seja garantido a elaboração do projeto de recuperação asfáltica do trecho da via entre  Bom Jesus da Lapa e Malhada.

O trecho da BA-160  entre Ibotirama e Bom Jesus da Lapa o governo  já iniciou   os serviços de recuperação, com asfaltamento(relembre aqui)

A BA 160 começa em Ibotirama e termina em Malhada, é a principal estrada que liga Bom Jesus da Lapa a dezenove comunidades, a maioria delas quilombola, onde está localizada uma das primeiras comunidades quilombolas reconhecidos no Brasil, Rio das Rãs, interior do município.