Projeto Escolas Culturais é lançado em Bom Jesus da Lapa

0
LojaoCosta-350x250px

Nesta quinta-feira (19), em Bom Jesus da Lapa, no Oeste da Bahia, o Secretário da Educação do Estado da Bahia, Valter Pinheiro lançou o projeto Escolas Culturais no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães. A solenidade contou com diversas apresentações artísticas de dança, música, roda de capoeira, teatro e audiovisual dos estudantes, além de uma oficina de grafitagem que envolveu toda a comunidade escolar.

LojaoCosta-350x250px

“A canção cria em nós uma expectativa muito grande a partir do que ela nos traz no seu escrito, mais ela é muito mais bonita quando a gente ver a expressão cultural, como dessa negra tão linda, dessa negra que exala não só a beleza externa, mais o que ela troche de dentro para nós, isso a gente só ver com cultura. Cultura é algo que tá enraizado, e ainda que alguns temem em arrancar o topo ou arrancar a copa de uma arvore, dificilmente conseguira matar a pequena raiz que restou lá no fundo. Portanto, assim como nós estamos vendo todo o trabalho dessa juventude aqui que tenta de todas as maneiras recuperar através do tronco do ipê a firmeza do tronco, é a grandeza de todo um sertão”, disser Valter Pinheiro.

Na oportunidade  secretário  anunciou a climatização do auditório e a cobertura da quadra do Colégio Modelo Luís Eduardo, além de investimento para o acesso das três escolas estaduais à internet de alta velocidade, por meio de uma parceria com o Google.

Apresentação teatral

Como parte do programa estadual Educar para Transformar, a iniciativa tem como objetivo melhorar a atuação das escolas por meio do estimulo às artes e ao protagonismo estudantil, promovendo a criação de um espaço de circulação e produção da diversidade cultural.

Bom Jesus da Lapa é a quarta cidade a receber o projeto, que já foi implantado em Itabuna, Juazeiro e em Gandu e envolverá 85 unidades escolares, em 85 municípios, potencializando os projetos artístico-culturais já existentes e fomentando novas atividades. Para tanto, as escolas serão requalificadas para que sejam desenvolvidas atividades nas áreas de dança, música, audiovisual e literatura. Com isto, auditórios e outros espaços destas unidades escolares receberão equipamentos para projeção de audiovisual, com palco para apresentações artísticas e com internet banda larga para o desenvolvimento dos projetos, a exemplo de programas de rádio e fomento ao empreendedorismo, dentre outros.

Apresentação de grupo de dança

Dentro da metodologia de trabalho, estão incluídos, entre outras atividades, saraus literários e oficinas de canto, coral, instrumentos, dança, audiovisuais, além de potencialização das bandas marciais, fanfarras e orquestras das escolas ou criação desses conjuntos musicais nas escolas que não os possuírem.

O projeto Escolas Culturais é resultado de parceria entre as secretarias da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e Casa Civil.