Médicos e enfermeiros são denunciados por notícias falsas sobre a Covid-19

0
LojaoCosta-350x250px
Entre as notícias falsas, profissionais divulgaram supostas curas para a doença Foto: Divulgação

Pelo menos 79 denúncias foram registradas contra médicos e enfermeiros em todo o Brasil por divulgação de fake news ou “curas milagrosas” durante a pandemia do novo coronavírus. Em 40 casos, foram abertas sindicâncias para apurar as denúncias. Em seis, já há processos éticos.

O levantamento foi feito pelo site G1, que entrou em contato com as assessorias de todos os Conselhos Regionais de Medicina e Conselhos de Enfermagem.

LojaoCosta-350x250px

Das 79 denúncias, 59 foram registradas pelos Conselhos Regionais de Medicina e 20 pelos de enfermagem. Os Conselhos de Medicina também registram a maior parte das sindicâncias (36) e dos processos éticos (cinco). Em 20 de março, o Conselho Federal de Enfermagem suspendeu por dois meses os prazos para os procedimentos por causa do isolamento social.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui