Radialista de Carinhanha é preso por divulgar trechos de processo em sigilo

0
GrupoSCosta-350x250px

Via Folha do Vale

Reprodução/ Youtube

O radialista Júnio Souza Guedes, conhecido como “Júnio Guedes”, foi preso na noite desta quarta-feira (15), em flagrante por desobediência, por determinação do Juiz da Comarca de Carinhanha, Arthur Antunes Amaro Neves.

A prisão foi efetuada por volta das 19h20, por agentes da Polícia Civil, quando ele se preparava para realizar uma live nas redes sociais. A prisão foi em razão de desobediência do profissional por divulgar trechos do processo em sigilo, informações de mandado/decisão judicial que estava em segredo de justiça, configurando crime de quebra de segredo de justiça, e desobediência.

BahiaFArmShow-350x250px

Guedes havia sido intimado pessoalmente para não divulgar, já que o processo nem iniciou. No entendimento do magistrado, Guedes extrapolou todos os limites.

Constitui crime de quebra de segredo de justiça quando, sem autorização judicial ou com objetivos não autorizados em lei, alguém informa ou publica uma ação, informação ou decisão resguardada sobre segredo de justiça. A pena de reclusão é de 2 a 4 anos, e multa, conforme o (art.10) do código de Processo Penal.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui