Menina de 5 anos morre após tiro acidental disparado por criança de 4 anos em Minas

0
LojaoCosta-350x250px
Vítima foi levada ao IML de Paracatu (Reprodução/Google Street View)

O fim de semana terminou de forma trágica para uma família de João Pinheiro, na região Noroeste de Minas. Um menino de 4 anos pegou uma arma e atirou acidentalmente em uma garotinha, de 5, no último sábado (20). A vítima não resistiu ao disparo. O revólver utilizado é do pai da menina, que também é o avô do garoto. A ocorrência foi registrada na zona rural da cidade que tem pouco mais de 45 mil habitantes.

Uma das irmãs da menina disse que estava na cozinha com outros familiares e as crianças assistiam à televisão. Em determinado momento, todos escutaram um barulho vindo da sala. Assim que foram ao cômodo, encontraram a garota caída e ensanguentada. O menino estava com uma arma calibre 38 nas mãos.

LojaoCosta-350x250px

Os parentes se mobilizaram e levaram a menina até o hospital municipal da cidade. De acordo com a equipe médica, a vítima chegou sem vida à unidade de saúde. Técnicas de reanimação foram realizadas, mas a criança não resistiu. Ela apresentava ferimentos na região do tórax.

Arma do pai

A arma utilizada no disparo acidental pertence ao pai da vítima. O homem, conforme o registro da ocorrência, confirmou a posse do armamento, mas esclareceu que ele sempre fica guardado na gaveta da cômoda. Ele não soube dizer como o neto conseguiu pegar a arma, pois a porta do quarto dele sempre fica trancada.

Na casa foram apreendidas uma arma calibre 38, uma garrucha calibre 22, que estava em um guarda-roupa, além de munições. O pai da menina precisou ser medicado pois apresentou alteração na pressão arterial. O corpo da menina foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Paracatu.

O menino, responsável pelo disparo acidental, terá acompanhamento psicológico. A ocorrência foi encerrada na 5ª Delegacia de Polícia Civil de Paracatu. (Informações da Revista Painel Político)

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui