Violência no Equador deixa 10 mortos e resulta na prisão de 70 suspeito

0
GrupoSCosta-350x250px

 

Foto: Reprodução/@EjercitoECU

O primeiro dia do decreto de estado de “Conflito Armado Interno” no Equador, contabilizou 10 mortes, 70 prisões e cerca de 40 eventos violentos.

Os números foram divulgados em balanço das autoridades locais. Os eventos registrados nas últimas 24 horas incluem carros-bomba, sequestro de policiais nas ruas e um ataque a um estúdio de televisão estatal, no meio de uma transmissão ao vivo.

BahiaFArmShow-350x250px

O decreto indicou que todos os acontecimentos violentos do dia “se configuram como uma ameaça terrorista contra os pilares da soberania do Estado e da integridade territorial”.

A situação foi desencadeada após a fuga da prisão do líder da facção criminosa Los Choneros, Adolfo Macías, conhecido como Fito, no domingo (7). O governo pretendia transferir Fito e outros chefes de facções para uma prisão de segurança máxima, quando ele fugiu. Fito cumpria uma pena de 34 anos de prisão.