Campus do IF Baiano de Bom Jesus da Lapa  adere à greve nacional dos servidores federais da educação

0
GrupoSCosta-350x250px

 

Os servidores do  Instituto Federal Baiano (IF Baiano) Campus Bom Jesus da Lapa, no Oeste da Bahia, resolveram  aderir  à Greve Nacionaldos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica. Ação é motivada pela falta de reajustes, mudanças nos planos de carreiras dos servidores e a falta de avanço das negociações com os servidores.

BahiaFArmShow-350x250px

📲 Clique aqui para fazer parte do novo canal do site Notícias da Lapa no WhatsApp.

Em Ofício Cicular divulga nesta terça-feira(23), a instituição informa que a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas teve início no turno noturno do dia 23 de abril  por tempo indeterminado. Confira  na íntegra:

1. Vimos informar à Comunidade Acadêmica do Instituto Federal Baiano – Campus Bom Jesus da Lapa (Servidores, Estudantes, Pais/Responsáveis) que a Direção-Geral deste campus recepcionou por meio do Ofício nº 01/2024/COMANDO LOCAL DE GREVE, de 23 de
abril de 2024, o comunicado de adesão dos servidores do IF Baiano – Campus Bom Jesus da Lapa à Greve Nacional dos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica deflagrada, nacionalmente, no dia 3 de abril de 2024.

2. Conforme o expediente recepcionado, a Assembleia Geral dos servidores (Docentes e Técnicos Administrativos em Educação) foi convocada pelo Sinasefe – Seção Guanambi, a partir do Edital n° 6/2024 e realizada na tarde de 23 de abril de 2024, no Auditório do IF Baiano – Campus Bom Jesus da Lapa, na qual os servidores deliberaram pela adesão imediata, e por tempo indeterminado, à Greve Nacional dos Servidores da Educação Básica, Profissional e Tecnológica.

3. Dessa forma, comunicamos a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas a partir do turno noturno do dia 23 de abril de 2024.

4. Conforme determina a legislação, serão mantidas as atividades essenciais do campus. Estas serão definidas mediante o diálogo entre a Gestão e o Comando Local de Greve e divulgadas à Comunidade Acadêmica por meio dos canais oficiais de comunicação.