Bolsonaro sobrevoa cidades atingidas por ciclone-bomba em Santa Catarina

0
LojaoCosta-350x250px

O presidente Jair Bolsonaro chegou pouco antes da 8h20min deste sábado (4) a Santa Catarina para ver os estragos do ciclone-bomba que atingiu o Estado na última terça-feira (30). Depois de conversar brevemente com autoridades locais, o presidente partiu em um helicóptero para sobrevoar as cidades de Governador Celso Ramos e Tijucas, na Grande Florianópolis

LojaoCosta-350x250px

O sobrevoo se estendeu até por volta das 9h20min. Na sequência, o presidente se reuniu novamente com as autoridades catarinenses. Na sequência, sem atender a imprensa, tomou um voo de retorno a Brasília, onde tem compromissos no início da tarde.

Bolsonaro foi recepcionado pela vice-governadora, Daniela Reinert (PSL), já que o governador catarinense, Carlos Moisés (PSL), está em isolamento domiciliar por ter testado positivo para a covid-19. Após a partida do presidente, o governador conversou, por meio de vídeo, com repórteres em uma coletiva.

O catarinense afirmou que o governo federal deverá repassar verbas para a reconstrução das cidades mais atingidas. Moisés, no entanto, não sinalizou valores nem prazos para a chegada do auxílio: “O governo federal tem verba disponível para a reconstrução, o que nos dá a garantia que SC será atendida. O que precisamos agora é avaliar os danos sofridos para entregar ao governo federal”.

Santa Catarina foi um dos Estados que registrou mais danos devido ao ciclone-bomba. O fenômeno atingiu 152 municípios e deixou, ao menos, nove mortos, nove feridos e dois desaparecidos.

Agencia Estado