0
LojaoCosta-350x250px

O Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto(SAAE) de Bom Jesus da Lapa, Gerson Nunes,  fez uso da Tribuna Livre na Sessão Ordinária da Câmara, realizada nesta terça-feira(14) para para esclarecer aos vereadores sobre alguns problemas que tem surgido sobre o abastecimento de água em algumas comunidades que utilizam poços artesianos.

Gerson informou que o município de Bom Jesus da Lapa tem 174 comunidades, com mais de 200 poços artesianos ativos, um volume grande de trabalho e que também geram um gasto mensal de quase meio milhão de reais com energia elétrica. Ele falou  sobre alguns conflitos que ocorrem por conta de pessoas que querem utilizar poços artesianos feitos com dinheiro público para fins particulares.  “A prefeitura paga a energia com mais de 500 mil reais mês” e “há algumas situações que as pessoas querem ter suas chácaras com água custeada pelo poder publico. Criação de peixes com poço publico, ‘gatos’ com a energia dos poços”, disse.

Com isso , a água não chega em todas as casas e começa a dificuldade até mesmo entre famílias.

O Diretor do SAAE falou aos parlamentares que o SAAE fara 55 anos e durante esse tempo tem procurado prestar seus serviços cumprindo os princípios da administração publica e tem procurado fazer seus trabalhos com eficiência. “O SAAE tem enfrentado grandes desafios e mesmo diante das dificuldades, a autarquia de Bom Jesus da Lapa e na região é uma das que mais cresce”. Ele reconheceu o trabalho atuante da Câmara que sempre foi parceira da autarquia.

“A participação dos vereadores é algo essencial”. A votação do Plano Municipal de Saneamento básico foi aprovado pelos vereadores de Bom Jesus da Lapa e tem ajudado nos trabalhos da Autarquia.

Fortefarma-350x250px

O diretor do SAAE disse  que  autarquia tem conseguido avançar, com conquistas valiosas, como a obra da adutora do Formoso, sanando um problema de 32 anos. Novas adutoras e em curso a nova estação de tratamento de água no Bairro Lagoa Grande.

“O SAAE sempre ajudou, sempre colaborou e nunca deixou de procurar assistir e não temos possibilidade de atender de imediato todas as demandas. A gente tem procurado dar assistência e ninguém tem ficado pra trás”.

“O SAAE tem buscado sempre ajudar e temos obtido conquistas e logo devemos ter em Lapa uma Estação de Tratamento. A nossa [atual] está no limite, mesmo com as redes de distribuição que resultaram numa melhora”.

“As ações de melhorias do SAAE estão planejadas é uma questão de tempo de recurso. Existem obras em andamento. Tem a questão da drenagem, do esgoto. Precisamos nos unir para resolver os problemas que nós temos”, concluiu.

No uso da fala os parlamentares agradeceram a presença do Diretor do SAAE na tribuna da Casa, e destacaram a importância do trabalho da Autarquia, que mesmo com diversos desafios, tem buscado prestar um bom Serviço a população.