TCE condena prefeito de Paratinga a devolver R$ 22 mil ao erário estadual

0
GrupoSCosta-350x250px

Foto: TCE

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) desaprovou, nesta terça-feira (28), as contas do convênio SCC 36/2014, firmado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) com com a Prefeitura Municipal de Paratinga. O TCE decidiu ainda  que o prefeito  Marcel José Carneiro de Carvalho terá que devolver ao erário estadual a quantia de R$ 22.050,77, além de pagar multa de R$ 3 mil.

O objeto do convênio foi a contratação de operador de patrulha mecanizada e combustível para prestação de serviços de preparo do solo e limpeza de aguadas, em diversas comunidades, no município de Paratinga.

BahiaFArmShow-350x250px

A aplicação das sanções ao prefeito foi provocada pela não execução do objeto conveniado, não ter prestado contas e não ter devolvido o saldo do convênio com as devidas correções monetárias no período decorrido entre o repasse e a data da devolução parcial. Ainda foi aprovada a expedição de recomendações aos atuais gestores da CAR.