Candidatos pedem anulação da eleição de conselheiros tutelares em Carinhanha

0
LojaoCosta-350x250px
Tumulto marca eleições do Conselho Tutelar de Carinhanha/Foto: Mais Agora

Alegando diversas irregularidades nos locais de votação do Conselho Tutelar em Carinhanha, no Oeste da Bahia, alguns candidatos entraram com uma ação na justiça pedindo a anulação da eleição realizada no dia 6 de outubro. Os autores afirmam na ação que no dia da votação foi flagrado boca de urna e transporte de eleitores.

Na ação protocolada pelos fiscais e candidatos eles citam que após encerrar o processo eleitoral no Colégio Estadual Coronel João Duque, os votos contados no colégio não condiziam com os apurados posteriormente na Câmara de Vereadores. Os fiscais disseram que o número de voto foi anotado no crachá de cada um deles.

De acordo com os autores da ação, dias antes da eleição o vereador Reinaldo Barreto Queiroz (Reinaldo do Frota), teria pedido voto para um candidato em uma sessão anterior, desrespeitado o princípio da igualdade e beneficiando apenas um candidato. O candidato apoiado pelo parlamentar seria Sávio, o qual obteve 310 votos.

O vereador afirmou a reportagem  na manhã desta segunda-feira (12), que em momento algum ele pediu voto antecipado. “Depois que aconteceu a eleição eu falei na sessão que tinha votado no candidato Sávio, mas não levei nenhum eleitor. Faz parte da política quem não pede voto não recebe voto”, concluiu Reinaldo.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Fátima Maria de Castro, respondeu que até o momento não foi notificada.

Como informações do Portal Folha do Vale.

LojaoCosta-350x250px