Carinhanha: Professora de 37 anos morre no local de trabalho; parada cardíaca pode ter sido causa

0
LojaoCosta-350x250px
Professora Sueli, 37 anos, morreu nesta quinta-feira durante trabalho (Foto/facebook)
Professora Sueli, 37 anos, morreu nesta quinta-feira durante trabalho (Foto/facebook)

Mais uma professora da rede pública faleceu na tarde desta quinta-feira (14). Desta vez a lamentável notícia vem da cidade de Carinhanha, distante 140 quilômetros da cidade de Bom Jesus da Lapa,  onde a professora de 37 anos, identificada pelo nome de Sueli Fogaça morreu no local de trabalho na escola da comunidade quilombola de Barra do Parateca, onde ela lecionava desde o inicio do ano letivo. A principal suspeita, é de que a educadora tenha sofrido uma parada cardíaca. Sueli ainda chegou a ser encaminhada até o hospital municipal da cidade, mas segundo informações locais, já chegou sem vida.
A professora deixa dois filhos e o esposo João Paulo, também professor.
A notícia deixou a cidade de Carinhanha estarrecida , pois a professora e sua família são muitos conhecidos e queridos na comunidade.
A Secretaria de Educação através da Professora Edésia Lisboa, secretária da pasta, emitiu uma nota de pesar:
“Em virtude do falecimento da professora Sueli Fogaça, pertencente à rede municipal de ensino de Carinhanha, a Secretaria Municipal de Educação decreta luto oficial de três dias e paralisação de todas as atividades nesta sexta-feira, 15/12/2017. Solidarizamos com a família neste momento de dor. Que Jesus conforte a todos os familiares. Att.: Edésia Lisboa DME de Carinhanha Bahia”.

LojaoCosta-350x250px