Filho de médico é preso em Guanambi suspeito de receptar carros de luxo 

0
LojaoCosta-350x250px

 

Veículo apreendido.Foto:PM

Um homem suspeito de receptar carros de luxo foi preso por Policiais da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), do 17º Batalhão de Polícia Militar (17ºBPM), no final da tarde de terça-feira (10), em Guanambi,no sudoeste da Bahia. Welton Cangussu , idade não informada, foi preso durante uma abordagem por volta das 17h30,na Avenida Santos Dumont.

LojaoCosta-350x250px

Conforme o 17º BPM, o suspeito estava em um veículo marca Toyota, modelo Toyota Corolla, de cor branca. Ao realizar uma consulta do veículo no sistema foi constatado que se tratava de um carro clonado, sendo que o verdadeiro estava no município de Buritis, no Estado de Minas Gerais. Ele disse aos agentes que não sabia o motivo da abordagem, afirmando ser de uma família importante na cidade e não devia nada para a polícia.

De acordo com o comandante do 17ºBPM, há mais de 90 dias que o suspeito estava sendo monitorado pelo Setor de Inteligência. Nas redes sociais  Welton ostentava vida de rico, segundo constatou o setor.Além do Corolla, foi apreendido um VW Jetta preto ano 2019, um VW Polo preto ano 2019 e um Chevrolett Cruiser branco ano 2016, clonados e licenciados regularmente no Estado de São Paulo.

Os agentes ainda constataram que o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) também era falsificado, indicando que haja uma quadrilha especializada em falsificação de documentos e adulteração de veículos de luxo existente na região.

O suspeito e os veículos apreendidos foram apresentados na Delegacia Territorial de Guanambi. A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para investigar se existem outros integrantes.

Pena

Art. 180 – Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte: Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa. Informações do Portal Folha do Vale.