São Félix do Coribe chega a 5ª morte de morador da cidade por Covid-19

0
LojaoCosta-350x250px
Foto: Divulgada nas redes sociais.

São Félix do Coribe registrou, no início da tarde desta sexta-feira, 14 de agosto, mais uma morte por coronavírus de um saofelense. É o 5º óbito de um morador da cidade. Trata-se de um homem de 54 anos, conhecido como “Tabinha”,  que foi transferido na última quarta-feira (12), em uma UTI aérea  para um hospital de referência no tratamento da doença em Salvador, onde não resistiu  e veio a óbito(relembre aqui).

Com o registro de mais um óbito nesta  sexta-feira,  São Félix do Coribe passa a ter  três mortes causadas  pelo coronavírus registradas no boletim epidemiológico da cidade. Já que   dois moradores do município  que morreram,  também pela Covid-19,   foram contabilizados  para outras cidades, onde eles   contraíram a doença.

LojaoCosta-350x250px

A primeira vítima  da Covid-19  no   município de São Félix do Coribe foi uma mulher,  conhecida como Neuzinha, de de 55 anos, que morreu no dia 17 de julho no Hospital Municipal Dr. José Basto(relembre aqui). E o   segundo óbito registrado no boletim da cidade,  foi no dia 31 de julho, de um homem de   63 anos, conhecido como Valdete,  que estava internado no  Hospital do Oeste(HO),  em Barreiras, onde morreu.

O  terceiro rosto que a cidade perdeu para a Covid-19 foi de Nilda Silva Fogaça, e o óbito foi registrado no dia 30 de julho, em  Brasília(DF), onde ela  contraiu o vírus(relembre aqui). Já o quarto óbito, que também aconteceu fora de São Félix, aconteceu no última terça-feira(11), em Goiânia(GO),  foi do  empresário, e ex-vice-prefeito  de São Félix do Coribe, Joaquim de Souza Ramos, mais conhecido como Joaquim de Elízia, de 72 anos, em  Goiânia(GO). E agora com a morte de Tabinha, a cidade volta a ficar de luto outra vez.

As vítimas do novo coronavírus de São Félix do Coribe são  mais do que estatísticas de uma pandemia, são  rostos de  pais, mães, irmãos, filhos e amigos, que construíram trajetórias de vida na cidade que amavam, e que deixarão   um grande vazio.