LojaoCosta-350x250px

DIF na Seinfra em Salvador (1)

Em Salvador, o Presidente  do Conselho Administrativo do Distrito de Irrigação Formoso, Sr. Antônio Márcio e o Gerente Executivo Enderson José, participaram de uma importante reunião na Secretaria de Infraestrutura da Bahia, Superintendência de Energia e Comunicações, para tratar assuntos relacionados a energia fotovoltaica para o Perímetro Irrigado do Formoso em Bom Jesus da Lapa e apresentar as demandas dos produtores relacionadas as questões energéticas. A reunião técnica contou com as presenças do Diretor de Energia Gilson Amado Moraes, do superintendente Celso Reinaldo Cavalcante Rodrigues e assessores.

O encontro na SEINFRA é resultado de ofícios protocolados anteriormente pelo Conselho do DIF, para a construção de uma agenda com o Governo do Estado. Foram apresentadas ao superintendente, informações sobre a importância do Perímetro para a região, que gera aproximadamente 22 mil postos de trabalho, numa região carente de empregos. E da necessidade de ações  que precisam ser promovidas pelo estado no auxilio aos produtores.
Os representantes do Distrito de Irrigação Formoso demonstraram com números, informações sobre a produtividade do Perímetro, que é referência no Brasil. Os elevados custos da energia elétrica, a evolução desses custos no período de 2014 para 2019 implicando em de cerca de 72% de aumento, o que tem elevado  as dificuldades. Além das implicações das bandeiras na modalidade vermelha e amarela.

DIF na Seinfra em Salvador (2) Na reunião, um outro assunto abordado foi o decreto 9.642 de 27 de dezembro de 2018 e suas implicações, principalmente para os clientes do grupo B.

Foi uma reunião  técnica, visando melhorar as condições de produção no Perímetro, com ênfase no apoio aos produtores. Onde uma das pautas, também foi  a viabilidade da energia fotovoltaica, os altos custos desse insumo, e a preocupação do DIF com relação ao tema.

O Distrito de Irrigação do Formoso em Bom Jesus da Lapa é o maior produtor de banana do Brasil, mas os custos com a energia elétrica tem encarecido essa produção no perímetro. Por isso, o DIF tem procurado alternativas que ajude os produtores a manter o alto nível de resultados, com menor custo, aumentando assim lucratividade, possibilitando melhores condições de investimentos desses agricultores em suas áreas.

LojaoCosta-350x250px

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui