Com programação virtual, 330ª Romaria do Bom Jesus começa nesta quarta em Bom Jesus da Lapa

0
LojaoCosta-350x250px

 

Novena no Santuário do Bom Jesus da Lapa começa nesta quarta-feira / Foto: Santuário do Bom Jesus da Lapa

A tradicional novena e festa do Santuário do Bom Jesus da Lapa — que tem início nesta quarta-feira, 28, e vai até a próxima quinta-feira, 5 — neste ano tem seu tema baseado na figura de São José. Por conta da Covid-19, o  evento será realizado de forma virtual  pelo segundo ano seguido.

“Bom Jesus, o filho de José: comunhão, diálogo e missão” foi a temática escolhida pelos responsáveis pela novena. De acordo com o reitor do Santuário, o padre redentorista João Batista Alves do Nascimento, houve também uma consonância com a Campanha da Fraternidade.

“Sabemos que a Campanha da Fraternidade deste ano foi ecumênica e nos trouxe uma reflexão em torno da busca, para estabelecermos uma relação de comunhão, unidade e diálogo, uma consciência da casa comum”, ponderou o religioso. “Temos sempre feito assim: anualmente, rezamos o tema da romaria do Bom Jesus a partir de outros temas gerais propostos pela Igreja. Procuramos contemplar esta forma de chegar ao coração das pessoas”, reiterou.

Novena e pandemia

O ano de 2020 foi marcado pela chegada da pandemia causada pelo novo coronavírus. E, obviamente, medidas sanitárias foram tomadas por todos para evitar o contágio da doença. Com o Santuário do Bom Jesus não foi diferente. A Pandemia segue forte em 2021.

“Respeitamos as orientações das autoridades constituídas”, adverte o padre João Batista. “Toda a vida do Santuário é pautada por um respeito a decretos, leis, um respeito à vida. “A pandemia ainda não cessou, ainda é uma realidade, mesmo com todas as pessoas sendo vacinadas. Tivemos várias reuniões com a Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Vigilância Sanitária e chegamos a um consenso de que não será possível fazer a romaria nos moldes tradicionais. Será mais uma vez em caráter virtual”, explicou o sacerdote redentorista.

A TV e Rádio Bom Jesus, TV Pai Eterno e a TV Aparecida transmitirão a novena. A TV Canção Nova transmitirá a missa de abertura na sexta-feira, 30. O canal do Santuário no Youtube também transmitirá as celebrações. A abertura para visitação do Santuário será até as 14h30. A partir de então, somente pessoas cadastradas poderão frequentar o local.

Enfrentando a pandemia

O tema pandemia ainda é uma realidade. Segundo o padre João Batista, a adaptação a esta nova realidade foi a premissa que guiou fiéis e religiosos do templo.

“Mais do que nunca, debruçamos nossos esforços nas redes sociais e nos meios de comunicação, foi a forma que encontramos para chegar ao coração das pessoas e manter esta relação de fé e esperança com as pessoas”, observou.

Para o religioso, mesmo a impossibilidade do encontro pessoal, a decisão mais acertada foi investir nos meios de comunicação — especialmente nas redes sociais — para que o vínculo com os fiéis não fosse permitido. “Foi a porta que encontramos para manter o Santuário vivo e a comunicação direta com o nosso povo”, disse. “E nós, enquanto religiosos, seguimos nos reinventando por meio da vida, pedindo ao Senhor que nos ajude no entendimento nesta situação toda pela qual passamos”, reiterou.

A devoção

A devoção dos fiéis no Santuário do Bom Jesus da Lapa é conhecida e antiga. As romarias a Bom Jesus da Lapa, cidade que fica a oeste do estado da Bahia, crescem anualmente.

“Diria que o Santuário hoje é de uma expressão que extrapola o nosso país”, exalta o reitor. “Recebemos mensagens de pessoas de outros países que nos acompanham pela tevê e redes sociais. Fiéis de Angola, Áustria, Portugal. É algo que nos anima na fé, honra nosso trabalho”.

Além disso, Santuário de Bom Jesus da Lapa, segundo o padre, é conhecido por ser um espaço que acolhe os mais necessitados, pessoas que muitas vezes encontram acolhida e fé. “As pessoas quando chegam aqui, sentem-se em casa. Identificamos as pessoas mais simples e humildes, que passam por dificuldades, o povo de Deus. O povo que luta por dias melhores, um povo que tem uma fé viva, simples e autêntica. Algo que nos ajuda a crescer espiritualmente”, finaliza.

por Thiago Coutinho/Canção Nova