Bolsonaro diz que não vai se vacinar contra Covid-19

0
LojaoCosta-350x250px

 

Presidente diz defender liberdade para justificar posição sobre não se vacinar contra a Covid-19 | Foto: Isac Nóbrega / PR / CP

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta quarta (13/10), que decidiu não tomar a vacina contra a COVID-19, principal razão da queda de casos e mortes pela doença mundo afora.

“Eu  decidi não tomar mais a vacina . A minha imunização está lá em cima. Para que vou tomar a vacina? Seria mesma coisa de você jogar na loteria R$ 10 para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso daí”, afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan.

Bolsonaro também voltou a se posicionar contra o passaporte da vacina. “Exigir a vacina, eu não posso concordar. Para mim, liberdade acima de tudo”, disse à rádio.

Durante a entrevista, o presidente também fez ataques à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, em curso no Senado. Para ele, o G7 (grupo de senadores que ocupa as principais funções da CPI) não conseguiu o impacto que queria com a investigação.

BEM_AQUI-350x250px

“Os danos não foram do tamanho que o pessoal da CPI, o G7, esperava. Mas, sempre existe algum dano. Os caras batem o tempo na questão de corrupção da Covaxin. Nós não compramos a Covaxin. Não gastamos um centavo. Ficam o tempo todo buscando algo que não existe. Quebraram o sigilo de todo mundo, fizeram barbaridades”, disse.

O Presidente também ressaltou que seu governo será o primeiro a esclarecer os fatos em caso de suspeitas de corrupção.

A CPI está na fase final. O relator, Renan Calheiros (MDB-AL),  elabora o documento final da comissão, que deve atribuir até mesmo 11 crimes ao presidente, além de indiciar 40 pessoas.

Fortefarma-350x250px

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui