Chuvas: Plano de Contingência é elaborado em Carinhanha

0
LojaoCosta-350x250px

 

Locais alagados pelas últimas chuvas

Carinhanha está em situação de emergência por conta das chuvas e a prefeitura segue trabalhando com muita responsabilidade para cuidar das famílias atingidas no município. Principalmente na zona rural, que tem a área mais atingida.

Preocupação para todos

Esse é um problema que mexe também com as famílias da sede do município. Uma vez que a maioria dos moradores da área urbana tem um parente nos povoados e distritos. O que naturalmente se torna um cenário de preocupação para todos.

Governo de plantão

Fortefarma-350x250px

Os secretários municipais e assessores estão trabalhando em regime de plantão. O trabalho busca salvar vidas e amenizar os impactos causados pelas chuvas.

A prefeita Chica do PT ressaltou a preocupação do governo municipal em cuidar das famílias mais vulneráveis, através das políticas públicas existentes e com um planejamento que permita agilidade nas ações.

Reunião para criação do Plano de Contingência

Plano de Contingência

O Plano de Contingência é a ferramenta norteadora desse trabalho.

Secretários municipais, assessores e Defesa Civil participaram nessa terça-feira (11) de uma reunião para construção do plano para ações no período de estado de emergência em Carinhanha.

Na reunião foi apresentado um Raio-X com números oficiais de todas as comunidades, a situação de cada uma, número de afetados pelas chuvas, famílias desalojadas, desabrigadas, casas destruídas, famílias com aluguel social, famílias que receberam benefícios eventuais, cestas básicas e as novas demandas.

Foi feito ainda um estudo de viabilidade de drenagem e estradas.

A partir disso, foram planejadas ações para serem desenvolvidas em cada comunidade.

Mutirão de Defesa e Proteção a Vida 

Serão realizados mutirões com trabalhos de prevenção e cuidado em saúde, visitas domiciliares com os agentes de combate às endemia e de saúde, orientação e atendimento psicossocial, atendimento médico e a distribuição de alimentos.

Principais comunidades atingidas

As comunidades mais atingidas pelas chuvas até o momento são: Agrovila  23, Pocinhos, Sitio, Pingueira, Riachão, Barrinha( Lagoa Canta Sapo),  Empoeira, Nucleo  I, Nucleo  II( Aguada de Fora), parte do Angico.

Perdas

De acordo com a Defesa Civil do município, a situação deixou 105 famílias desabrigadas e desalojadas, além da perda de 10 mil litros de leite por dia e o prejuízo de 14 milhões com as  plantações. O diagnóstico é prévio e pode apresentar um impacto ainda maior.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui