Rui descarta volta de aulas e público em estádios

0
LojaoCosta-350x250px

Por Bahia.ba

Foto: Eduardo Dias/ bahia.ba

O governador Rui Costa descartou a possibilidade de retorno de aulas e de público em estádios de futebol, conforme autorizado pelo Ministério da Saúde. Nesta quarta-feira (23), durante entrega de contenção de encosta no bairro do IAPI, em Salvador, o governador petista afirmou que o patamar de óbitos ainda é alto no estado.

LojaoCosta-350x250px

“Tem morrido por dia quatro times de futebol. Em uma semana, todos os times da série A estariam mortos. Quando caiu o avião da Chapecoense, houve comoção nacional. É como se todo dia quatro aviões com equipes estivessem caindo. Se a linguagem de falar de vida humana já não está sensibilizando, deixa eu falar então da linguagem de futebol”, comparou o governador.

O petista citou dados recentes da Secretaria de Saúde da Bahia, desta terça-feira (22), que indicam o registro de 46 novos óbitos nas 24 horas anteriores. O número se aproxima da média de alunos por sala de aula nas escolas, outra analogia feita por Rui.

De acordo com o governador, é como se todos os dias uma turma de alunos morresse por causa da Covid-19.

“Um colégio acharia normal que todo dia morresse uma sala de aula de alunos? Esse colégio funcionaria normalmente se todo dia uma sala de aula morresse? A CBF [Confederação Brasileira de Futebol] acha normal todo dia morrerem quatro times de futebol completos?”, questionou.

Rui Costa disse estar “perplexo” com o grau de sensibilidade das pessoas, que parecem ter esquecido que o coronavírus continua em circulação e uma vacina ainda não foi aprovada ou distribuída para proteger a população. Para o governador, ainda não é hora de discutir agenda como a “volta de futebol”.