Após terceiro caso positivo da Covid-19, Bom Jesus da Lapa fecha comércio não essencial e toma medidas mais duras de isolamento social

0
LojaoCosta-350x250px
Avenida Floriano Peixoto, uma das principais avenidas de Bom Jesus da Lapa.

O prefeito Eures Ribeiro assinou um novo decreto, na noite desta sexta-feira(22), ampliando as medidas restritivas para o isolamento social na cidade de Bom Jesus da Lapa As  determinações  incluem a  interdição de novos pontos comerciais na cidade,  com exceção dos  estabelecimentos considerados essenciais. As novas medidas foram tomadas após a confirmação do terceiro caso do coronavírus no município.

As regras começam a valer a partir deste sábado(23). Eures Ribeiro  explicou que é preciso aumentar o isolamento porque a cidade está com 100 pessoas em obervação, deixando pelo terceiro paciente que passou pela  UPA, que cuspiu no local e esteve em vários pontos da cidade. “Nós localizamos as 100 pessoas que esse cidadão teve contanto em Bom Jesus da Lapa. Todas essas pessoas estão insoladas, e o resultado dos exames saem em oito ou nove dias”.

LojaoCosta-350x250px

Ribeiro destacou, que a prefeitura precisa fechar o município mais ainda, já que a cidade corre o risco de uma contaminação comunitária. Na oportunidade o gestou pediu novamente para a população ficar em casa, e  sair só para fazer algo essencial, e não deixar de usar máscara de proteção.

Com o novo  Decreto n° 076/2020, permite apenas o funcionamento de estabelecimentos considerados essenciais:

  • Farmácias, drogarias e lojas de produtos médicos hospitalares;
  • Hipermercados, supermercados, mercados, mercearias, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos, dentre eles o Mercado Municipal de Bom Jesus da Lapa;
  • Lojas de venda de alimentação para animais e produtos médicos veterinários;
  • Padarias;
  • Postos de combustíveis;
  • Agências bancárias, bem como lotéricas.
  • Clínicas médicas e atividades exclusiva de cuidado e manutenção à saúde;
  • Lojas de insumos agrícolas, materiais agrícolas e de irrigação;
  • Serviços funerários;

Os restaurantes poderão funcionar apenas como delivery.

A prefeitura voltou a criar novas medidas de restrições na última quarta-feira(20),  com a publicação do Decreto n° 75/2020após a cidade registrar o primeiro caso positivo da Covid-19. Passando a restringir o  funcionamento de parte do comércio, proibindo  o transporte alternativo e determinando  o uso obrigatório de máscaras de proteção pela população lapense. O município também intensificou as barreiras sanitárias, com ampliação para as 24 horas, e higienização dos principais locais públicos, além de determina multas para os  hotéis que hospedarem  vendedores e camelôs.

CLIQUE AQUI E CURTA A PÁGINA DO SITE NOTÍCIAS DA  LAPA E FIQUE ATUALIZADO.

QUER COMENTAR?

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui