Polícia Federal avisa o Supremo que ministros podem ser alvo de ataque terrorista

0
LojaoCosta-350x250px
O presidente do Supremo, Dias Toffoli, enviou ofício a ministros alertando que reforcem a segurança pessoal

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) podem estar na mira de uma célula terrorista. É o que disse um ofício sigilioso encaminhado aos pares pelo presidente da Corte, Dias Toffoli, na última quarta-feira (12).

O documento teve com o base a informação passada pela Polícia Federal ao ministro Alexandre de Moraes, relator do processo que investiga ataques ao STF. As informações são aa colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

LojaoCosta-350x250px

Moraes repassou a informação a Toffoli, que enviou o documento de alerta aos colegas. Diante dos riscos, o ministro recomendou que todos reforcem a segurança pessoal nas atividades cotidianas.

Segundo a publicação, os supostos terroristas teriam dito que os ministros seriam autoridade de fácil acesso a quem pretende fazer algum ataque, porque mantêm rotina que facilita o contato físico e visual. A mensagem teria sido captada em janeiro, na deep web, e disparada pela Unidade Realendo Marcelo do Valle.