LojaoCosta-350x250px

Informações do CBHSFWhatsApp Image 2019-06-02 at 18.48.24 (8)

O dia 03 de junho é oficialmente o Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco, instituído pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) com o intuito de incentivar a revitalização de sua bacia. Com o objetivo chamar a atenção para a data, bem como para importância das ações afirmativas de sustentabilidade, preservação e sensibilização por meio da educação ambiental, o CBHSF realiza, neste início de junho, a campanha “Eu viro carranca pra defender o Velho Chico”.

760f7075-55c4-4092-867e-c02576a4ee1eEste ano as ações e atividades da campanha acontecem nos municípios de Bom Jesus da Lapa (BA), Três Marias (MG), Juazeiro (BA) e Pão de Açúcar (AL). Tendo o ponto alto de suas atividades no dia 3/06, o município de Bom Jesus da Lapa, realizou ato simbólico de abertura da campanha hoje (02/06) pela manhã na Praça da Catedral Nossa Senhora do Carmo, com a presença de representantes da sociedade civil, de entidades religiosas, de associações, do poder público e de órgãos governamentais.

O Padre Lessio, da Paróquia Bom Jesus Catedral de Nossa senhora do Carmo, deu as boas-vindas a todos os presentes com uma reflexão sobre a importância dos seres humanos conviverem em harmonia, respeito e afeição com a natureza.

6ecc2773-5818-41e8-8362-3586d03c0a5fAs autoridades presentes se manifestaram em defesa do rio e da revitalização sustentável da bacia do Velho Chico. O coordenador da Câmara Consultiva Regional (CCR) do Médio São Francisco, Ednaldo Campos,  agradeceu a presença de todos e todas e conclamou os lapenses que virem carranca quando o assunto for proteger o rio São Francisco. “Em um momento em que se fala de privatizar a água tornando ainda mais limitado o seu acesso à população e, nesse mesmo contexto, existe o risco de que as barragens de rejeito possam se romper e contaminar mais de metade de toda a água potável do país, o São Francisco mostra sua grandeza mesmo ferido e se torna nossa única opção. O Velho Chico é o nosso plano A e não existe plano B. Nossa luta para revitalizar e proteger a bacia deve ser considerada com seriedade já que milhares de vidas dependem única e exclusivamente do rio para existirem. Por isso eu viro carranca pra defender o Velho Chico!”, concluiu Ednaldo.

WhatsApp Image 2019-06-02 at 18.48.24 (2)Após o ato de abertura a comitiva se dirigiu para as margens do rio onde foi realizado um ato de “peixamento” com o apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF). Durante o ato foram depositados no rio 30 mil alevinos de curimatá, peixe nativo do rio.

d72e6c4d-90fc-41fe-bab5-bdc2380c3d3aUma  Feira de Artesanato   também foi montada na Praça da Catedral pela  Associação Lapense dos Artesões, onde estão sendo apresentados e vendidos   diversos produtos produzidos por  mulheres empreendedoras.

Veja mais fotos do primeiro dia de evento na página do Facebook do site Notícias da Lapa.

LojaoCosta-350x250px