Presidente da Câmara destaca o trabalho da Polícia Militar e Civil de Bom Jesus da Lapa contra a criminalidade e valoriza marca positiva de dois meses sem registro de homicídios

0
LojaoCosta-350x250px

No último dia 26 de fevereiro, o município de Bom Jesus da Lapa atingiu a marca  positiva de 60  dias sem o registro de homicídios dolosos. O número é comemorado pela Segurança Pública e tem ligação direta com a eficiência das ações das Polícias Civil e Militar no município.

LojaoCosta-350x250px

Bom Jesus da Lapa está localizada há 779 quilômetros de Salvador, tem uma população de 70 mil habitantes, e é conhecida nacionalmente como a Capital Baiana da Fé, já que realiza a terceira maior romaria do país, recebendo mais de 2 milhões de visitantes por ano.

Por isso, diante dos  bons resultados, em que a cidade finalizou os dois primeiros meses do ano sem nenhum homicídio, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Miguel Leles, na sessão realizada na manhã desta terça-feira(03), usou o microfone da Casa  para destacar o excelente trabalho executado pela Polícia Militar, 38ª CIPM e a Polícia Civil, 24ª COORPIN de Bom Jesus da Lapa, que tem intensificado o trabalho preventivo,  e aumentado a sensação de segurança da população, que não  presencia o registro de novos homicídios no município a mais de dois meses.

“Quero falar hoje da importância da atuação da Polícia Militar, que é coordenada pelo Tenente Coronel PM Luis Augusto Normanha, e  da Polícia Civil, que é coordenada pelo Delegado Dr. Jackson Trindade. Nós vamos para o terceiro mês em Bom Jesus da Lapa sem homicídios, isso é importantíssimo, e precisa ser reconhecido”, destacou.

“Quero deixar aqui os meus parabéns a Polícia Militar e Polícia Civil de Bom Jesus da Lapa, por começar o ano de 2020 fortalecendo as ações de combate  a criminalidade, e começando o ano sem nenhum registro de homicídio. Esperamos que esse quadro permaneça nesse nível, de tranquilidade e de paz”, frisou o presidente.

Miguel também usou o espaço para destacar a importância das ações da polícia no município no combate a violência contra as mulheres. E que a Polícia Militar já começou a executar o projeto da Ronda Maria da Penha no município, e que precisa de uma viatura para que o serviço seja disponibilizado de forma efetiva. Quem agredir a mulher, tem que ter a lei reprimindo esse tipo de atuação vergonhosa. “Então eu vou sentar com o nosso Tenente Coronel Normanha e com o nosso prefeito, que ficou de disponibilizar essa estrutura, para comprar essa viatura nova”, finalizou.

Conforme o relatório da Polícia Civil o município diminuiu  de forma significativa o número de homicídios nos últimos três anos, chegando no final de 2019 com uma redução de 20% em  relação a 2018. Já se compararmos o resultado com as estatísticas  de  2017, o número de homicídios caiu em quase 50%.